Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/6827
Título: A violência filioparental: Violência exercida pelos filhos contra os seus progenitores
Autor: Oliveira, Raquel Silva de
Orientador: Ornelas, José H.
Palavras-chave: Violência filioparental
Violência física e psicológica
Família
Youth-to-parent violence, Physical and Psychological Violence, Family
Physical and psychological violence
Family
Data de Defesa: 5-Dez-2018
Resumo: Com o crescimento da incidência dos casos de violência filioparental, a comunidade científica tem se mostrado interessada em investigar esta problemática. Neste sentido, pretende-se estudar se determinadas características sociodemográficas têm maior influência em desenvolver comportamentos agressivos contra os seus progenitores e, se o facto de os jovens testemunharem direta ou indiretamente violência têm maior probabilidade de exercerem violência filioparental. A presente investigação envolveu 176 participantes, 116 do sexo feminino e 60 do sexo masculino, entre os 18 e os 25 anos de idade. Aos participantes foi pedido que respondessem ao Questionário de Agressão Parental (Calvete, Gamez-Guadix, Orue, Gonzalez-Diez, Lopez de Arroyabe, Sampedro, Pereira, Zubizarreta & Borrajo, 2013). Os resultados obtidos na investigação mostram que 10,8% dos participantes exercem violência filioparental; 52,6% afirma que vive numa família nuclear, ou seja, vive com ambos os pais. A forma de violência que prevalece é a violência psicológica. Tem maior incidência nas mães, mas as diferenças não são significativas entre os pais. Relativamente ao consumo de substâncias e à presença de problemas psicológicos não se verificaram diferenças significativas entre os participantes que exercem violência contra os seus progenitores. Ter testemunhado tem um efeito estatisticamente significativo na violência filioparental, enquanto que ter sido vítima de violência não tem um efeito estatisticamente significativo na violência filioparental. Pode-se concluir que é importante a divulgação desta problemática, existirem mais investigações para obter um conhecimento mais completo e rico, para poder criar medidas e programas preventivos.
With the growing incidence of youth-to-parent violence, the scientific community has been interested in studying this issue. Therefore, this work intends to study whether certain sociodemographic characteristics have a greater influence in the development of aggressive behaviors against parents, and if the fact of young people witnessing direct or indirect violence makes them more likely to exert youth-to-parent violence. This research involved 176 participants, 116 females and 60 males, between 18 and 25 years of age. It was asked to the participants to answer to the Child-to-Parent Aggression Questionnaire (Calvete, Gamez-Guadix, Orue, Gonzalez-Diez, Lopez de Arroyabe, Sampedro, Pereira, Zubizarreta & Borrajo, 2013). The results of the research show that 10.8% of the participants use youth-to-parent violence; 52.6% say that they live in a nuclear family, that is, they live with both parents. The form of violence that prevails is psychological violence. It has a higher rate in the mothers, but the differences are not significant between the parents. Regarding substance use and the presence of psychological problems, there were no substantial differences between young people who are violent to their parents. Being a witness of violent situations has a statistically significant effect on youth-to-parent violence, while being a victim of violence does not have a statistically significant effect on youth-to-parent violence. In conclusion, it is important to expose this problem, so there is more research to acquire a more complete and rich knowledge to create preventive measures and programs.
Descrição: Dissertação de Mestrado , apresentada no ISPA – Instituto Universitário para obtenção de grau de Mestre na especialidade de de Psicologia Clínica.
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/6827
Designação: Psicologia
Aparece nas colecções:PCLI - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
22845.pdf1,25 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.