Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/954
Título: A educação ambiental percepcionada através dos manuais escolares de ciências da natureza: Um estudo empírico do tema a água
Autor: Simões, Maribel Ribeiro Barbosa
Palavras-chave: Psicologia ambiental
Livros escolares
Aprendizagem
Ambiente
Educação ambiental
Environmental psychology
Textbooks
Learning
Environment
Environmental education
Data de Defesa: 2001
Editora: Instituto Superior de Psicologia Aplicada
Resumo: A Educação Ambiental (EA) é uma área crucial para a sustentabilidade do nosso Planeta, tendo a Escola um papel fundamental no desenvolvimento da "Consciência Ecológica" de todos os cidadãos. A problemática deste trabalho centra-se na análise do tema sobre a água em dois Manuais Escolares (ME's) de Ciências da Natureza (CN), investigando se estes abordam de forma significativa as perspectivas propostas pela EA, para que esta se promova na escola. A análise perspectivou-se de acordo com dois quadros de análise, cuja construção se baseou nas linhas epistemológicas da EA. Embora os fundamentos teóricos da EA apelem a uma perspectiva inter e transdisciplinar, as suas características intrínsecas vão em direcção aos objectivos, conceitos e conteúdos que pertencem principalmente ao domínio das ciências. O ensino das ciências não se deve restringir a uma formação de natureza unicamente instrucional, fora do contexto social e cultural dos alunos, antes pelo contrário deverá incluir elementos de desenvolvimento pessoal e social, suscitando a participação no seu próprio meio Natural e Social, sendo abordada numa perspectiva de Ciência-Tecnologia-Sociedade (CTS). Como todos sabem, as escolas deparam-se com grandes carências de recursos didácticos, assim, o ME surge como principal e mais importante material para desenvolver as metas propostas pelos programas, assumindo grande importância tanto na preparação das aulas por parte dos docentes, como na construção das aprendizagens pelos alunos. A técnica utilizada foi a análise qualitativa de conteúdo. A validade e fidelidade do instrumento de análise foram garantidas pelo quadro teórico do capítulo 3, onde é fundamentado a construção dos diferentes referentes em ambas as dimensões de análise. De acordo com a hipótese de trabalho enunciada e tendo em consideração as bases teóricas da EA, iremos incluir as conclusões num comunicado global. Os dados por nós obtidos permitem concluir que a abordagem do tema da água, nos ME's, pouco contribuem para desenvolver e promover as metas propostas pela EA.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Psicologia e Educação Ambientais
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/954
Aparece nas colecções:PEDU - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM SIMO-MR1.pdf23,22 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.