Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/902
Título: Impasse e cancro da mama: Uma questão de tempo?
Autor: Santos, Mafalda
Orientador: Pedro, António Francisco Mendes
Palavras-chave: Psicossomática
Depressão
Cancro da mama
Imagem do corpo
Stress
Psicanálise
Teste de Rorschach
Estudo de caso
Entrevista
Imunologia
Ritmos biológicos
Psychosomatics
Depression
Breast neoplasms
Body image
Stress
Psychoanalysis
Rorschach test
Case study
Interview
Immunology
Data de Defesa: 2001
Editora: Instituto Superior de Psicologia Aplicada
Resumo: Hoje em dia está bem presente o facto de a Psicossomática não se referir a uma doença do imaginário como era defendido, no geral, pela Escola de Paris. Assim, o que importa perceber é o funcionamento das pessoas que apresentam uma patologia orgânica, isto é, tentar compreender como vivenciam o seu corpo e as suas especificidades: ritmos, espaço, tempo. Importa igualmente perceber qual é o lugar do imaginário neste processo. Os objectivos específicos desta investigação serão os de aprofundar em casos de mulheres com cancro da mama, nomeadamente a existência de uma situação de impasse, a vivência de uma temporalidade própria (Sami-Ali, 1992, 2000), a existência de uma depressão falhada (Coimbra de Matos, 1999), a problemática da identidade. Participaram neste estudo quatro mulheres com diagnóstico de cancro na mama, com idades que variam entre os trinta e os cinquenta anos. Os instrumentos utilizados neste estudo incluíram a entrevista clínica, a Prova Projectiva de Rorschach e o Desenho da Figura Humana. Verificou-se, ao longo deste trabalho, que todas as mulheres apresentavam situações de vida compatíveis com o conceito de Impasse, definido por Sami-Ali (1997, 2000). Não só um impasse relacional, que põe em causa todo o ser, como também uma vivência própria de temporalidade que encerra em si mesma o impasse. A depressão falhada de Coimbra de Matos (2003), pode ser igualmente utilizada na explicação do que sucede nestas mulheres. Mas a conclusão desta investigação prende-se, acima de tudo, com um novo questionamento sobre o que está realmente em causa nesta doença.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Psicossomática
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/902
Aparece nas colecções:PSOM - Dissertações de mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM SANT-MM1.pdf10,38 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.