Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/867
Título: A mão-de-obra invisível: Estratégias profissionais dos trabalhadores temporários
Autor: Rodrigues, Ricardo Arinto
Orientador: Cunha, Miguel Pina e
Palavras-chave: Comportamento organizacional e gestão
Emprego
Organizações
Trabalho
Atitudes face ao trabalho
Desenvolvimento profissional
Avaliação
Organizational behaviour
Employment
Organization
Instruments
Work
Attitudes toward work
Professional development
Assessment
Data de Defesa: 2002
Editora: Instituto Superior de Psicologia Aplicada
Resumo: A literatura na área do Comportamento Organizacional tem analisado exaustivamente as recentes alterações na envolvente competitiva e suas repercussões ao nível da estrutura do Sistema de Emprego. Contudo, o esforço tem sido parco no que respeita à análise dos fluxos de mão-de-obra periférica, designadamente no que respeita à sua composição, evolução e valores e atitudes perante o trabalho. O presente estudo pretende oferecer um contributo para a compreensão e discussão do modo como os trabalhadores temporários - um dos grupos de trabalhadores periféricos em maior crescimento — estão a reagir às alterações dos padrões de emprego. Analisando o grupo dos trabalhadores temporários a partir da sua heterogeneidade interna, compreende-se que, contrariamente ao que sucede com outros grupos profissionais, estes sujeitos não se encontram unidos por uma identidade profissional. Os trabalhadores temporários são constituídos por um conjunto heterogéneo de indivíduos que possuem uma perspectiva igualmente diferenciada da sua situação profissional. Deste modo, o seu comportamento no contexto da empresa utilizadora é determinado pelos seus objectivos e ambições pessoais e profissionais. Ou seja, diferentes subgrupos de trabalhadores temporários adoptam estratégias profissionais distintas. A partir de uma tipologia de estratégias profissionais que define três alternativas comportamentais (competitiva, cooperativa e negligente) procura-se avaliar a forma como estes trabalhadores perspectivam a sua situação profissional e o modo como os novos padrões de emprego se adequam às suas necessidades e aspirações.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Comportamento Organizacional
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/867
Aparece nas colecções:PORG - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM RODR-R1.pdf10,51 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.