Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/820
Título: Avaliação de desempenho: Avaliador vs. avaliado: Que diferenças?
Autor: Porfírio, Ana Teresa Filipe
Palavras-chave: Avaliação
Avaliação de desempenho
Avaliação de pessoal
Organização
Comportamento organizacional
Justiça
Evaluation
Job performance
Personal evaluation
Organizations
Organizational behaviour
Justice
Data de Defesa: 2006
Editora: Instituto Superior de Psicologia Aplicada
Resumo: Este estudo teve como objectivo compreender em que medida o papel desempenhado por um indivíduo num processo de avaliação de desempenho e o facto de ter tido ou não formação nesse sistema, interagem na percepção das três vertentes da justiça organizacional {distributiva, procedimental e interaccional) e consequentemente na satisfação com esse mesmo sistema. O estudo foi conduzido numa organização multinacional de serviços em Portugal, tendo sido utilizado um grupo de 256 indivíduos, aos quais foi solicitada a opinião através do preenchimento de um questionário estruturado, disponibilizado através de um site criado exclusivamente para o efeito, ao qual responderam 127 colaboradores. As questões colocadas visaram conhecer o posicionamento dos participantes face às suas percepções das diferentes vertentes da justiça organizacional e satisfação com o sistema de avaliação existente. Os resultados das análises efectuadas indicam não existir uma diferença intrínseca entre o nível de satisfação e o papel desempenhado no sistema de avaliação de desempenho, o mesmo se passando em relação à variável formação. A fonte de (in)satisfação com o sistema de avaliação de desempenho não é atribuída de igual modo a todos os aspectos da justiça organizacional. No que respeita à justiça organizacional a faceta procedimental assumiu um papel de relevo, ao passo que a interaccional não influi significativamente na satisfação com a avaliação de desempenho. Apesar das limitações encontradas, pode-se considerar, que em geral, os objectivos delineados numa fase precursora do estudo foram parcial ou totalmente atingidos.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Comportamento Organizacional
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/820
Aparece nas colecções:PORG - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM PORF1.pdf5,61 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.