Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/808
Título: A Figura Complexa de Rey na criança com alergia
Autor: Pinto, Neuza Filipa Silva Simões
Palavras-chave: Psicossomática
Teste de Rorschach
Técnicas projectivas
Desenho
Perturbações alérgicas
Instruments
Family
Corpo
Psychosomatic
Rorschach test
Projective techniques
Drawing
Alergic disorders
Instruments
Family
Body-image
Data de Defesa: 2005
Editora: Instituto Superior de Psicologia Aplicada
Resumo: Tendo por base os inúmeros estudos realizados sobre a figura complexa de Rey (forma A), esta investigação pretende explorar alguns aspectos relacionados com a problemática subjacente às crianças com diagnóstico médico de alergia, à luz e uma perspectiva psicossomática. A amostra em estudo foi recolhida na consulta de Imunoalergologia da Clínica Pediátrica Universitária do Hospital de Santa Maria, em Lisboa, mediante a análise do processo clínico de cada criança. É composta por 22 crianças, com idades compreendidas entre os seis e os nove anos de idade inclusivé, com diagnóstico médico de alergia confirmado pelos exames complementares de diagnóstico: Testes cutâneos em prick positivos e e/ou exames in vitro _ IgE total sérica e IgE específica. Este estudo trata-se de uma investigação clínica-psicossomática de carácter não experimentai já que não se pretende introduzir modificações ao longo da recolha dos dados e descritivo visando desenvolver ideias ou hipóteses sobre o modo como os factos se encontram relacionados entre si. É exploratório e transversal na medida era que possibilita a recolha de dados sobre a eventual plausibilidade do problema apenas num determinado momento. Na selecção dos instrumentos considerou-se que, para além da figura complexa de Rey (forma A) deveriam ser utilizados outros recursos que servissem de suporte a uma melhor compreensão dos dados obtidos, nomeadamente, questionário-anamnese, desenho da figura humana, desenho de círculos representativos da família e Rorschach. No que diz respeito ao funcionamento da criança com alergia foi possível verificar que, estas apresentam algumas particularidades ao nível do seu plano genético e imunitário, ritmos biológicos e corporais e vida relacional/psicológica, no entanto, não é possível a constatação de uma frequência significativa de traços estruturais relativamente a estes aspectos referidos na literatura por inúmeros autores. Pode falar-se, então, de especificidades associadas a uma determinada patologia psicossomática que é a alergia. Conclui-se esta investigação afirmando que a figura complexa de Rey encerra em si mesma a possibilidade de uma análise precisa dos diferentes aspectos que abordam o funcionamento da criança com alergia de uma perspectiva psicossomática, nomeadamente, ao nível da organização do espaço e do tempo, da projecção da imagem do corpo, da lateralidade e ritmicidade entre percepção e projecção e os recursos do imaginário. A figura complexa de Rey revela uma versatilidade e riqueza em termos de princípios e objectivos que, em última análise e em termos teórico-práticos, nos leva a considerá-la como uma exímia prova de avaliação em clínica psicossomática. Esta adequação, no entanto, não deve ser reduzida a este campo de análise visto poder, pelo seu valor, abranger outras áreas de estudo.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Psicossomática
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/808
Aparece nas colecções:PSOM - Dissertações de mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM PINT-N1.pdf35,51 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.