Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/777
Título: Estudo comparativo do comportamento reproductor de espécies do género Achondrostoma (pisces, cyprinidae)
Autor: Pereira, Ana Martins
Palavras-chave: Etologia
Comportamento animal
Peixes
Ecologia
Comportamento reprodutor
Achondrostoma
Etology
Animal behaviour
Fish
Ecology
Sexual reprodution
Data de Defesa: 2007
Editora: Instituto Superior de Psicologia Aplicada
Resumo: O presente trabalho pretendeu contribuir para o conhecimento do comportamento reprodutor do género Achondrostoma Robalo, Almada, Levy & Doadrio, 2007. Foram analisadas sequências de comportamentos reprodutores em A. occidentale (Robalo, Almada, Santos, Moreira & Doadrio, 2005), em A. oligolepis (Robalo, Doadrio, Almada & Kottelat, 2005) e numa população de híbridos de duas espécies deste género. Descreveram-se os comportamentos observados nos três grupos e, em alguns casos, foram quantificadas as suas durações. Verificou-se que os comportamentos exibidos eram no essencial os mesmos, diferindo na sua frequência. Assim, em A. occidentale as desovas duraram menos tempo e as fêmeas foram na maioria dos casos pressionadas contra uma superfície rígida durante as desovas, ao passo que em A. oligolepis as desovas foram mais lentas e o comportamento de pressionamento das fêmeas foi observado muito raramente. Por outro lado, observou-se em A. occidentale um comportamento das fêmeas provavelmente de chamamento dos machos, o que já tinha sido descrito em íberochondrostoma lusitanicum (Collares-Pereira, 1980), uma espécie próxima filogeneticamente. Em A oligolepis, foi observado um comportamento dos machos de bloqueio do movimento das fêmeas, observado também em machos de I. lusitanicum no mesmo contexto e que será provavelmente homólogo. Na população de híbridos, as desovas tiveram durações muito mais curtas, e os comportamentos exibidos foram predominantemente os descritos como mais rápidos. Os resultados foram discutidos em termos de estratégias de reprodução e do papel das fêmeas na evolução dos comportamentos reprodutores, assim como em termos de caracterização do comportamento do clade e das diferenças ecológicas das populações.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Etologia
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/777
Aparece nas colecções:PBIO - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM PERE-AM1.pdf1,61 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.