Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/710
Título: Estudo preliminar do comportamento de inia geoffrensis (blainville 1817) em cativeiro e caracterização de sinais acústicos emitidos em contexto sexual
Autor: Moreno, Maria Paula Teixeira
Orientador: Avelar, Teresa
Data de Defesa: 1996
Editora: Instituto Superior de Psicologia Aplicada
Resumo: Neste trabalho procedeu-se à descrição do etograma de dois machos da espécie Inia geoffrensis em cativeiro, com o objectivo de analisar a actividade diurna (em particular, as interacções sexuais), as relações de dominância e um comportamento estereotipado característico de Cetáceos em cativeiro (i.e. natação em círculos). Pretendeu-se também avaliar até que ponto ocorreram alterações no comportamento ao longo da permanência em cativeiro. Verificou-se que os indivíduos apresentam um repertório de comportamentos muito diversificado, constituindo as actividades de natação conjunta e a sexual uma fracção importante da sua actividade global. A maioria das actividades varia ao longo do dia, verificando-se que a actividade agonística e respectivas actividades combinadas ocorrem principalmente durante a tarde. No que respeita às interacções sexuais, verificou-se que se baseiam em sequências de comportamentos complexas, que apresentam numerosas vias paralelas, podendo originar sequências muito extensas e cíclicas. A abordagem das relações de dominância, embora apenas preliminar, sugere a existência de assimetrias distintas nos contextos sexual e agonístico. Foi confirmada a existência da 'Natação circular', constatando-se que nestes indivíduos se processa principalmente no sentido negativo. Neste trabalho é sugerido que este comportamento possa ter, essencialmente, uma função afiliativa. Quanto à variação dos comportamentos ao longo dos anos, salienta-se o aparente aumento da actividade sexual do indivíduo mais novo. Procedeu-se ainda à caracterização da actividade acústica durante alguns comportamentos sexuais, quanto à frequência de repetição de pulsos, número de pulsos e duração das séries. Verificou-se que todos os comportamentos sexuais analisados são acompanhados de sinais acústicos, sons pulsados, não tendo sido evidenciada uma relação com o grau de interacção sexual. A análise da frequência de repetição de pulsos, salientou a existência de dois padrões distintos, correspondentes à 'Convulsão' e à 'Masturbação'. A 'Convulsão' caracteriza-se por séries de pulsos curtas com subidas rápidas e de grande amplitude da frequência de repetição de pulsos, enquanto a 'Masturbação' apresenta séries de pulsos mais longas, em que a frequência de repetição de pulsos sofre aumentos e decréscimos sucessivos, lentos e de pequena amplitude. Os cinco comportamentos sexuais estudados diferem de forma significativa quanto aos parâmetros acústicos analisados, verificando-se que a 'Convulsão' é o comportamento que, aparentemente, mais se individualiza.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Etologia
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/710
Aparece nas colecções:PBIO - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM MORE1.pdf5,84 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.