Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/6825
Título: Prevalência de abusos sexuais de crianças em Portugal
Autor: Carsane, Patrícia Alexandra Pais
Orientador: Ornelas, José H.
Palavras-chave: Abusos sexuais de crianças
Prevalência
Portugal
Chilldhood sexual abuse
Prevalence
Portugal
Data de Defesa: 7-Dez-2018
Resumo: O presente estudo tem como objetivo estudar a prevalência de abusos sexuais de crianças na população portuguesa. O estudo conta com 135 participantes, com uma idade compreendida entre os 18 e os 25 anos. Os participantes preencheram o questionário demográfico e o “Childhood Sexual Experiences Questionaire” (CSQE) de Altman (2005). Os resultados obtidos demonstram uma prevalência de abusos sexual de crianças de 23%. A taxa de prevalência no género feminino (19,3%) foi superior à taxa de prevalência no género masculino (3,7%). A idade de ocorrência do abuso varia entre os 5 e os 10 anos, sendo a idade média de 8,94 anos. Em relação à idade de fim do abuso, a média de idades é de 10,19 anos. Relativamente à idade do agressor, esta varia entre os 10 e os 68 anos, sendo a média de idades de 27,3 anos. Ao nível da ligação da criança com o agressor, uma percentagem de 48,4% dos agressores eram conhecidos pela criança. Constatou-se também que as situações sexuais mais identificadas foram: “Ser apalpado por cima da roupa” (94%) e “Alguém lhe mostrar os genitais” (74,2%).
The present study aims to study the prevalence of childhood sexual abuse in the portuguese population. The study has 135 participants, with an age between 18 and 25 years. The participants filled out demographic questionaire and the “Childhood Sexual Experiences Questionaire” (CSQE) de Altman (2005). The results show a prevalence of childhood sexual abuse of 23%. The prevalence rate in females (19,3%) was higher that the prevalence in males (3,7%). The age of occurance of abuse varies between 5 and 10 years, with the average age of 8,94 years. In relation to the age of the end of the abuse, the average age of 10,19 years. Regarding the age of the perpetrator, this varies between 10 and 68 years, and the average of age is 27,3 years. At the level of connection of the child with the agressor, a percentage of 48,4% of the agressores were know by the child. It was also noted that the more sexual situations identifed were “Be palpated above the clothes” (94%) and “Someone show the genitals” (74,2%).
Descrição: Dissertação de Mestrado apresentada no ISPA – Instituto Universitário para obtenção do grau de Mestre na especialidade de Psicologia Clinica.
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/6825
Designação: Psicologia
Aparece nas colecções:PCLI - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
22558.pdf695,38 kBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.