Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10400.12/6817
Title: Validação do questionário sobre abuso sexual de crianças na população portuguesa
Author: Nabais, Inês Filipa Esteves
Advisor: Ornelas, José H.
Keywords: Abuso sexual de crianças
Validação
Child sexual abuse
Validity
Defense Date: 7-Dec-2018
Abstract: Este estudo avalia a sensibilidade, fiabilidade e validade do Questionário Sobre Abuso Sexual de Crianças (QASC), na população portuguesa. O abuso sexual de crianças (ASC) é considerado um problema de saúde pública mundial, com impacto a vários níveis, pessoal, familiar, social e político. Ao validarmos esta escala, procuramos contribuir, para os estudos de ASC, tendo um instrumento que meça e operacionalize o ASC em Portugal. A nossa amostra é constituída por 190 jovens adultos portugueses, com idades compreendidas entre os 18 e 25 anos. Uma análise fatorial confirmatória foi realizada para observar a validade relacionada com o constructo do QASC, avaliou-se a fiabilidade para provar a consistência interna e também se analisou a sensibilidade. A análise fatorial confirmatória corroborou que o modelo de ajuste é configurado por dois fatores e oito itens, com as seguintes características: χ2/df = 2,531; GFI = 0,959; CFI = 0,977; e RMSEA = 0,090. A versão em português do QASC apresentou uma fiabilidade compósita boa em ambos os fatores (FC “ASC Genital” = 0,820; e FC “ASC Corpo” = 0,870). Também a validade convergente foi confirmada: VEM “ASC Genital” = 0,602468 e a VEM “ASC Corpo” = 0,71209. A sensibilidade da escala é baixa. A escala foi considerada válida e fiável, de acordo, com um modelo suportado por dois fatores na nossa amostra, e é um contributo para os investigadores ou profissionais que pretendam avaliar o abuso sexual de crianças, em contexto português.
This study evaluates the sensitivity, reliability and validity of the Childhood Sexual Experiences Questionnaire (CSEQ) in the Portuguese population. Child sexual abuse (CSA) is a worldwide public health problem, impacting at various levels, personal, family, social and political. When validating this scale, we contribute, for the CSA studies, with an instrument that can be implemented to measure CSA in Portugal. Our sample consisted of 190 young Portuguese adults, with ages between 18 and 25 years old. A confirmatory factorial analysis was tested to observe the validity associated to the CSEQ construct, reliability was assessed to prove internal consistency, and sensitivity was also assessed. The confirmatory factorial analysis supported that the best fit model is configured by two factors and eight items, and has the following characteristics: χ2/df = 2.531; GFI = 0.959; CFI = 0.977; and RMSEA = 0.090. The Portuguese version of CSEQ showed good composite reliability in both factors (CR “CSA Genital” = 0.820 and CR “CSA Body” = 0.870). The convergent validity was also confirmed: SEM “CSA Genital” = 0.602468 and SEM “CSA Body” = 0.71209. The sensitivity of the scale is low. The scale was found to be valid and reliable, according to the model supported by two factors, and is a contribution
Description: Dissertação de Mestrado apresentada no ISPA – Instituto Universitário para obtenção do grau de Mestre na especialidade de Psicologia Clínica.
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/6817
Designation: Psicologia
Appears in Collections:PCLI - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
18858.pdf1,02 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote 

Items in Repository are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.