Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/658
Título: O efeito mediador da justiça e do empenhamento organizacional na relação entre o contrato psicológico e cidadania organizacional
Autor: Matias, Luis
Orientador: Gomes, Jorge F. S.
Palavras-chave: Corportamento organizacional
Cidadania
Justiça
Instrumentos
Empenhamento organizacional
Organizações
Organizational behaviour
Citizenship
Psychological contract
Justice
Instruments
Organizational commitment
Organizations
Data de Defesa: 2003
Editora: Instituto Superior de Psicologia Aplicada
Resumo: Este estudo visou compreender em que medida é que a percepção de justiça organizacional e o empenhamento organizacional interagem no processo de formação do contrato psicológico. Este último constructo é um conceito bipolar, uma vez que, de um lado se encontram as expectativas/promessas de índole implícito e explicito que os indivíduos crêem que a organização irá satisfazer e do outro lado tudo aquilo que os indivíduos perspectivam dar em troca à organização, como por exemplo, a prática de comportamentos de cidadania organizacional. O estudo foi aplicado na Marinha de Guerra Portuguesa, tendo sido usada uma amostra de 568 indivíduos, aos quais foi solicitada a opinião através do preenchimento de um questionário estruturado. As questões colocadas visavam conhecer o posicionamento dos participantes face à sua percepção do cumprimento ou incumprimento de determinadas promessas/expectativas por parte da Organização, da justiça organizacional percebida, do tipo de relação psicológica estabelecida com a organização e por fim do volume de comportamentos de cidadania praticados. Os resultados da análise de equações estruturadas, realizada através do AMOS, revelaram a existência de efeitos mediadores da percepção de justiça e do empenhamento organizacional na relação estabelecida entre ambos os pólos do contrato psicológico. No que respeita à justiça organizacional a faceta procedimental assumiu um papel de relevo, ao passo que o tipo de empenhamento mais relevante foi o afectivo. Apesar das limitações encontradas, pode-se considerar, que em geral, os desideratos erguidos numa fase precursora do estudo foram parcial ou totalmente atingidos. Por fim, convém referir que o eventual contributo para o conhecimento acerca da complexa relação entre o Homem e as organizações, embora que ínfimo, foi o principal propósito subjacente a este estudo.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Comportamento Organizacional
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/658
Aparece nas colecções:PORG - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM MATI1.pdf5,67 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.