Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/652
Título: Envolvimento familiar em intervenção precoce: Percepções dos pais e educadores de infância
Autor: Martins, Ana Paula de Oliveira Calisto Garcia
Orientador: Matta, Isabel
Data de Defesa: 1999
Editora: Instituto Superior de Psicologia Aplicada
Resumo: Na fase inicial, a Intervenção Precoce consistia em providenciar serviços de estimulação à jovem criança, considerada o centro da actuação educativa. Progressivamente, as várias contribuições conceptuais e empíricas, provenientes sobretudo dos E.U.A., ao enfatizarem a importância do envolvimento familiar no desenvolvimento da criança, originaram as abordagens centradas na família e de base comunitária. Também no nosso país, temos vindo a assistir a uma lenta mudança face ao envolvimento familiar neste tipo de intervenção. O presente estudo tem por objectivo, dar a conhecer as percepções dos Educadores de Infância dos Apoios Educativos e dos País das crianças em situação de risco estabelecido sobre as suas práticas face ao envolvimento familiar em Intervenção Precoce. O estudo empírico consistiu na construção e aplicação dum questionário, que pretende avaliar as práticas actuais e as práticas consideradas ideais pelos actores educativos atrás mencionados, em três dimensões: Envolvimento familiar na avaliação da criança, envolvimento familiar na intervenção com a criança e envolvimento familiar na escolha providenciamento de serviços de apoio para os pais/família. Os resultados obtidos mostram, que os dois grupos expressam, nas três dimensões discrepâncias significativas entre as práticas actuais e as práticas ideais e que ambos manifestam preferir um maior grau de envolvimento familiar. Na identificação de barreiras do ideal envolvimento, os dois grupos mencionam mais frequentemente obstáculos ligados ao sistema. Relações entre a prática dos Educadores de Infância e a experiência, a idade, o tipo formação e a sua ligação a projectos de Intervenção Precoce foram também analisadas. Educadores de Infância envolvidos em projectos de Intervenção Precoce pontuam mais a que os não envolvidos, o grau de envolvimento familiar nas suas práticas.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Psicologia Educacional
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/652
Aparece nas colecções:PEDU - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM MART-AP1.pdf11,59 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.