Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/640
Título: O papel das interacções sociais (díades homogéneas/díades heterogéneas) durante a revisão de texto no desenvolvimento individual da escrita, no 5º ano de escolaridade
Autor: Margarido, Maria do Céu Godinho Moreira
Orientador: Martins, Margarida Alves
Palavras-chave: Psicologia educacional
Interacção social
Escrita
Comunicação escrita
Estratégias
Desenvolvimento
Aprendizagem
Educational psychology
Social interaction
Writing
Written communication
Strategies
Development
Learning
Data de Defesa: 2003
Editora: Instituto Superior de Psicologia Aplicada
Resumo: Com o presente estudo pretendemos comparar a evolução da competência individual na escrita, do início para o final do ano lectivo, de sujeitos que realizaram, ao longo deste período, a revisão de textos formando pares homogéneos quanto à competência na escrita com a de sujeitos que a realizaram formando pares heterogéneos. Pretendemos também comparar o processo de revisão de textos e a qualidade das interacções nos dois grupos de sujeitos. A investigação incidiu sobre uma amostra de 10 sujeitos duma turma 5o ano de escolaridade, escolhida por conveniência, duma Escola Básica Integrada do concelho de Vidigueira, com uma idade média de 11anos e 2 meses no pré-teste e uma idade média de 11 anos e 6 meses no post-teste. Os sujeitos da amostra foram seleccionados com base nos resultados do pré-teste de forma a constiturem-se dois grupos: um deles constituído por dídes homogéneas e outro constituído por díades heterogéneas quanto à competência na escrita. O estudo desenvolveu-se em três fases: Fase I: Pré-teste (Janeiro); Fase 2: Implementação de um programa para o desenvolvimento da escrita; Fase 3: Post-teste (Junho). Durante a Fase 2 tiveram lugar duas situações: Situação 1: Trabalho de aperfeiçoamento de texto, com a participação de toda a turma (de Janeiro a Junho de quinze em quinze dias de forma alternada em relação à situação 2); Situação 2: revisão de texto a pares (díades homogéneas/díades heterogéneas), (de Janeiro a Junho, de quinze em quinze dias de forma alternada em relação à situação 1. No pré-teste e no post-teste, após ouvirem uma história infantil foi solicitado às crianças que a recontassem por escrito. Foi utilizado o retroprojector para passagem de acetatos alusivos às história de forma a facilitar a compreensão das mesmas. A situação 1 da fase 2 consistiu no trabalho colectivo de aperfeiçoamento de texto com a participação de toda a turma de forma a familiarizar as crianças com o processo de revisão de texto; a situação 2 da fase 2 consistiu na revisão de texto a pares (díades homogéneas/díades heterogéneas) através da qual se analisou o processo de revisão de texto e a dinâmica interactiva que se estabeleceu entre as díades. Para o efeito foi solicitado aos alunos que revissem quinzenal mente um texto escrito por um dos elementos da díade e registassem as modificações realizadas; posteriormente os textos recolhidos foram analisados assim como as interacções das crianças que foram registadas em video. À nível do produto, verificou-se um aumento significativo relativamente à competência individual na escrita e ao número de parágrafos e períodos por texto, do pré-teste para o post-teste , dos sujeitos que realizaram a revisão de texto ao longo do ano lectivo formando díades heterogéneas, para um nível de significância de 0,05. A nível do processo, as díades heterogéneas realizaram um número modificações superior ao realizado pelas díades homogéneas mas, na totalidade, a diferença entre as modificações realizadas pelos dois grupos não se verificou significativa. Apenas no que se refere às modificações de tipo formal se verificou uma diferença significativa para um nível de signifícância de 0,05. Quanto à qualidade das modificações verificou-se uma maior diversidade de tipos de modificações entre as díades heterogéneas. Relativamente à dinâmica interactiva, ocorreu um número de interacções superior entre as díades heterogéneas, mas a diferença entre este e o que se verificou entre as díades homogéneas não é significativo. As categorias de interacção têm todas uma maior incidência entre as díades heterogéneas do que entre as díades homogéneas à excepção da subcategoria «concordância total» que só se verificou entre estas. No entanto, a diferença só é significativa para a categoria «questiona». O tipo de interacção predominante nos dois grupos foi a colaboração concordante embora atinja uma dimensão mais elevada entre as díades heterogéneas. No entanto, a diferença só é significativa para o tipo de interacção «confrontação com desacordo», para um nível de significância de 0,05. Os resultados obtidos no nosso estudo levam-nos a concluir que a tarefa de revisão de textos, realizada por díades heterogéneas num processo de co-elaboração, apresenta uma superioridade na qualidade e quantidade de modificações realizadas nos textos assim como na variedade e quantidade de interacções em relação às realizadas por díades homogéneas que se reflecte na evolução da competência individual na escrita que é significativamente superior entre as díades heterogéneas.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Psicologia Educacional
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/640
Aparece nas colecções:PEDU - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM MARG1.pdf8,09 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.