Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/6048
Título: O suporte social e a personalidade são significativos para os objetivos de vida de adolescentes de diferentes configurações familiares?
Autor: Mota, Catarina Pinheiro
Oliveira, Inês
Palavras-chave: Acolhimento residencial
Suporte social
Objetivos de vida
Personalidade
Residential care
Social support
Life goals
Personality
Data: 2017
Editora: ISPA – Instituto Universitário
Citação: Análise Psicológica, 35(4), 425-438 doi: 10.14417/ap.1142
Resumo: O suporte social tem vindo a ser evidenciado na literatura pela sua relevância no que concerne a planificação e estabelecimento de objetivos de vida de jovens adolescentes. Vivências emocionais adversas no contexto familiar, nomeadamente perdas significativas e transições podem, todavia, condicionar este processo. A presente investigação objectiva analisar o papel do suporte social no desenvolvimento de objetivos de vida de jovens de diferentes configurações familiares (famílias tradicionais e jovens em acolhimento residencial), sendo ainda testado o papel mediador da personalidade na associação anterior. A amostra foi constituída por 350 jovens adolescentes portugueses de ambos os géneros, com idades compreendidas entre 13 e os 18 anos, provenientes de famílias tradicionais e em regime de acolhimento residencial. Para recolha de dados foi utilizado o Social Support Appraisals (SSA), Purpose in Life Test (PIL-R) e o Inventario de Personalidade dos Cinco Fatores (NEO-FFI-20). Foram testados modelos de mediação para as diferentes configurações familiares, sendo que os resultados sugeriram que o suporte social apresenta uma associação positiva significativa com os objetivos de vida, e a personalidade desempenha um efeito mediador na associação anterior. Os resultados foram discutidos a luz da teoria da vinculação, considerando a relevância do suporte social no desenvolvimento da personalidade e construção dos projectos de vida.
Social support has been shown in the literature as relevance with respect to the planning and establishment of young adolescent life goals. Adverse emotional experiences within the family, including significant losses and transitions may, however, limit this process. This research aims to analyze the role of social support in the development of life goals of young people from different family configurations (traditional families and young people in residential care), still being tested the mediating role of personality in the previous association. The sample was composed by 350 young Portuguese adolescents of both genders, aged between 13 and 18 years, from traditional families and residential care. For data collection was used the Social Support Appraisals (SSA), Purpose in Life Test (PIL-R) and The Five Factors Personality Inventory (NEO-FFI-20). Mediation models were tested for different family configurations, and the results suggested that social support has a significant positive association with the life goals, and personality plays a mediational effect in the previous association. The results will be discussed in light of attachment theory, considering the importance of social support in personality development and construction of life projects.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/6048
DOI: 10.14417/ap.1142
ISSN: 0870-8231
Versão do Editor: http://publicacoes.ispa.pt/index.php/ap/article/view/1142
Aparece nas colecções:PDES - Artigos em revistas nacionais

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
2017_35(4)_409b.pdf94,43 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.