Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/596
Título: Cancro do cólon-recto e estilo de vida: Perspectiva psicossomática
Autor: Kakoo, Estela Maria de Gouveia
Palavras-chave: Psicossomática
Cancro do colon do recto
Estilo de vida
Estados emocionais
Instrumentos
Cancro
Oncologia
Stress
Psychosomatics
Colorectal cancer
Lifestyle
Instruments
Emotional states
Neoplasms
Oncology
Data de Defesa: 2008
Editora: Instituto Superior de Psicologia Aplicada
Resumo: Estudou-se a vivência, bem como o funcionamento psicológico e emocional dos pacientes com cancro no cólon ou recto, identificando importantes factores psicológicos de risco para esta doença, por comparação com um grupo de participantes com outra doença crónica. Os participantes podem ser considerados em dois grupos: pacientes a quem foi diagnosticado um cancro do cólon ou do recto – grupo experimental; e pacientes com diabetes tipo II – grupo de controlo. Sendo 47 dos participantes doentes oncológicos, 21 eram do género feminino e 26 do masculino, tendo idades compreendidas entre os 43 e os 86 anos. Aos 82 participantes (47 doentes oncológicos e 35 diabéticos) foram feitas entrevistas estruturadas e aplicadas provas psicológicas (HADS e STAXI), sendo que os dados recolhidos foram estatisticamente analisados com recurso ao software SPSS. Foram identificadas algumas particularidades, por parte dos doentes oncológicos, como um maior controlo das suas emoções negativas, uma menor propensão a experienciar estados de raiva, bem como a manifestá-la e exprimi-la quando esta é sentida. Como importantes factores externos foram identificados: a influência dos acontecimentos de vida negativos no aumento relativo à disposição e frequência com que os pacientes oncológicos experimentam estados de raiva; e o apoio prestado por familiares/amigos, sendo este determinante nos níveis de depressão dos pacientes oncológicos. Os referidos factores internos e externos podem constituir-se como vulnerabilidades – do ponto de vista psicossomático – podendo ter importantes implicações no desenvolvimento da doença oncológica, dado o abatimento biológico (nomeadamente imunitário) que lhes está, geralmente, associado.
Descrição: Dissertação de mestrado em Psicossomática
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/596
Aparece nas colecções:PSOM - Dissertações de mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM KAKO-E1.pdf6,77 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.