Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/5919
Título: A violência sexual nos estudantes universitários portugueses
Autor: Araújo, Catarina Pinto
Orientador: Ornelas, José H.
Palavras-chave: Violência sexual
Mulheres
Universidade
Sexual violence
Women
University
Data de Defesa: 2017
Resumo: A violência sexual contra as mulheres em contexto universitário é um fenómeno preocupante a nível mundial, deste modo o presente estudo tem como objetivo determinar e caraterizar a prevalência da violência sexual nos estudantes universitários portugueses, pois este tipo de investigação é escassa em Portugal. A presente investigação envolveu 175 estudantes universitários, com idades a partir dos 17 anos, que preencheram o questionário online. Os resultados obtidos na investigação mostram 11,99% dos participantes estiveram envolvidos em relações sexuais não consentidas com alguém por ter sido exercida pressão psicológica ou ameaças da outra pessoa; 5,14% afirma ter tido atividades sexuais não consentidas devido ao uso de força física e 5,14% responde que as atividades sexuais se deveram ao consumo de álcool ou drogas. Os perpetradores da violência sexual são maioritariamente conhecidos da vítima. No que diz respeito às consequências ao nível académico, 33,3% dos participantes que experienciaram relações sexuais não consentidas, afirma ter tido repercussões devido a esse ato. É imprescindível que as medidas preventivas passem pela difusão de informação nos jovens, o mais cedo possível, para que desse modo, consigam lidar com a rejeição e compreender o que é apropriado fazer ou não a outra pessoa.
Sexual violence against women in university is a worldwide concerning phenomenon, so the present study aims to determine and characterize the prevalence of sexual violence among Portuguese university students, because this type of research is scarce in Portugal. The current investigation involved 175 university students with ages starting at 17 that agreed to answer to an online questionnaire. The results obtained in the survey show that 11,99% of the participants were involved in sexual relations not consensual with someone because of psychological pressure or threats from the other person; 5,14% stated that sexual activities are not consensual due to the use of physical force and 5.14% answered that sexual activities were a consequence of alcohol and drugs abuse. The perpetrators of sexual violence are mostly known to the victim. Regarding the consequences at the academic level, 33.3% of the participants who experienced non-consensual sexual relations, affirm to have had repercussions due to this act. It’s imperative that as preventive measures go though diffusion of information of young people, as soon as possible, so that, in this way, they can deal with a rejection and understand what is appropriate to do or not another person.
Descrição: Dissertação de Mestrado apresentada no ISPA - Instituto Universitário para a obtenção de grau de Mestre na especialidade de Psicologia Clínica
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/5919
Designação: Mestrado Integrado em Psicologia
Aparece nas colecções:PCLI - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
20736.pdf1,07 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.