Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/5918
Título: Pensamento contrafactual na depressão: Atores versus leitores
Autor: Monte, Daniela Filipa Resendes do
Orientador: Quelhas, Ana Cristina
Palavras-chave: Pensamento contrafactual
Depressão
Ator vs. Leitor
Counterfactual thinking
Depression
Actor vs. Reader
Data de Defesa: 2017
Resumo: A presente investigação teve como objetivo estudar as diferenças entre os indivíduos depressivos e não depressivos em relação ao foco do pensamento contrafactual, quando inseridos em diferentes posições (ator vs. leitor). No que concerne à posição de leitor, os participantes leram uma história, cujo protagonista escolhe um envelope (sendo instruído que um apresentaria uma multiplicação fácil e o outro uma difícil) e falha na resolução da multiplicação. Os leitores são questionados a desenvolver uma realidade alternativa, na qual a personagem teria sucesso na resolução da tarefa. Por sua vez, na posição de ator, os participantes devem escolher um dos envelopes, sabendo que existe um com uma multiplicação fácil e outra difícil. Independentemente da escolha, sairá o envelope com a multiplicação difícil e os participantes são estimulados a pensar numa realidade alternativa cujo resultado fosse positivo para os mesmos. Para triagem dos indivíduos depressivos e não depressivos, administrou-se o Inventário de Depressão de Beck (BDI-II). Os resultados vão ao encontro do esperado, na posição de leitor, onde ambos os grupos (depressivo e não depressivo) focam sobretudo a Escolha. Quanto à posição de ator, conforme esperado, os não depressivos focam mais a Situação, mas, contrariamente ao esperado, os depressivos também apresentam um foco na Situação. Contudo, os depressivos, quando comparados com os não depressivos, realizam mais vezes um pensamento contrafactual centrado no Sujeito, o que sugere uma maior propensão para o depressivo atribuir a culpa ao próprio.
The present research aimed to study the differences between depressive and nondepressive individuals in relation to the focus of counterfactual thinking, when inserted in different positions (actor vs. reader). As for the reader's position, the participants read a story, whose protagonist chooses an envelope (being instructed that one would present an easy multiplication and the other a difficult one) and fails to solve the multiplication. Readers are asked to develop an alternate reality in which the character could solve the problem. In turn, in the position of actor, participants should choose one of the envelopes, knowing that there is one with an easy multiplication and the other with a difficult multiplication. Regardless of the choice, the envelope will come out with difficult multiplication and participants are encouraged to think of an alternate reality to have succeeded in correctly performing multiplication. For the selection of depressive and non-depressive individuals, the Beck Depression Inventory (BDI-II) was administered. The results are in line with what was expected, in the position of reader, where both groups (depressive and nondepressive) focus mainly on the Choice. As for the actor position, as expected, non-depressives focus more on the Situation, but, contrary to expectations, depressives also present a focus on the Situation. However, depressives, when compared to non-depressives, more often perform counterfactual thinking centered on the subject, which suggests a greater propensity for the depressive to blame them self.
Descrição: Dissertação de Mestrado apresentada no ISPA - Instituto Universitário para a obtenção de grau de Mestre na especialidade de Psicologia Clínica
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/5918
Designação: Mestrado Integrado em Psicologia
Aparece nas colecções:PCLI - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
24107.pdf1,42 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.