Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/5887
Título: Do vínculo às relações sociais: Aspectos psicodinâmicos
Autor: Oliveira, Rui Aragão Gomes
Palavras-chave: Vínculo
Relações sociais
Relações de suporte
Bonds
Social relationships
Support relations
Data: 2000
Editora: Instituto Superior de Psicologia Aplicada
Citação: Análise Psicológica XVIII(2), 157-170
Resumo: Sobre o tema da vinculação, são abordados os domínios das problemáticas associadas às relações precoces, à representação dos processos de vinculação nas diversas etapas desenvolvimentais e às relações psicológicas inerentes à formação de diferentes sistemas sociais, enquadrados no jogo dinâmico criado pelos, e para os seus representantes individuais. Num primeiro momento desenvolve-se mais pormenorizadamente o conceito de vínculo, considerando excepcionalmente os contributos de Bowlby, e as suas diferenciações quanto às abordagens de Freud e da psicanálise tradicional. Consideram-se então, entre outros, os trabalhos de Melanie Klein sobre os fenómenos de comunicação corporal, organizados numa fase muito precoce de desenvolvimento, e as vicissitudes dos relacionamentos objectais, constituídos por angústias, emoções, fantasias e defesas psíquicas específicas. Reorganizamos por fim, o conceito de vínculo segundo as concepções de Wilfred Bion, enfatizando a ideia das relações entre um espaço continente e um conteúdo, recorrendo aos mecanismos de identificação projectiva, e às emoções básicas inerentes ao estabelecimento e manutenção dos vínculos, com as repercussões na capacidade de pensar e desenvolvimento global do ser humano nas suas relações.
ABSTRACT: Regarding the attachment theme, we approached the problem areas associated with early relationships, the representation of the attachment process in various developmental stages, and the psychological relations inherent in the formation of different social systems, fitted in to the dynamic game created by, and for its individual representatives. We started off by broadening our conception of attachment, exceptionally considering contributions by Bowlby, as well as the differences between his approach and the one by Freud and traditional psychoanalysis. We then considered, amongst others, Melanie Klein’s work on the body communication phenomena, which becomes organized in a very early phase of development, and the vicissitudes in object relationships, made up of emotions, fantasies, moments of distress and specific psychological defenses. Finally, we reorganized the concept of attachment according to Wilfred Bion’s conception by emphasizing the idea of the relation between a continent space and the contents, resorting to identifying projective mechanisms and to basic emotions, inherent in the establishment and maintenance of affectionate bonds, with repercussions in the thinking ability and in global human development regarding relationships.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/5887
ISSN: 0870-8231
Aparece nas colecções:PCLI - Artigos em revistas nacionais
PSICAN - Artigos em revistas nacionais

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
2000_2_157.pdf55,94 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.