Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/5778
Título: Effectiveness of locally managed marine protected areas in the Visayas, Negros Oriental Province, Philippines
Autor: Rohrer, Joël Maxime
Orientador: Gonçalves, Emanuel João
Costa, Bárbara Horta e
Andringa, Annelies
Palavras-chave: Marine protected areas
Locally managed
Effectiveness
Áreas marinhas protegidas
Gerenciadas localmente
Eficácia
Data de Defesa: 2017
Resumo: No-take marine protected areas (MPAs) have been established as a management strategy to conserve biodiversity and sustain fisheries. When properly managed, such areas can maintain or increase reef productivity and also benefit surrounding areas, providing catch for fishermen. In the Philippines, most MPAs are usually small (<1 km2) and locally managed, and most present poor levels of enforcement. Five locally managed MPAs located in Negros Oriental were studied in order to test the effectiveness of such MPAs. The objectives were to compare fish biomass, richness, abundance, diversity and evenness values between MPAs and adjacent fished sites and see how they varied between the different enforcement levels, sizes, and ages of these MPAs. Underwater visual census was carried out to record and measure fish from 76 indicator species inside and outside MPAs from September 2016 to February 2017. Data analysis showed that fish population parameter values were only higher inside certain MPAs when compared to fished areas. Two MPAs were found to be the most effective in the region, exhibiting greater species biomass, richness, density, diversity and evenness than non-MPAs. On the other hand, three MPAs were found to be ineffective, exhibiting similar fish population parameters than non-MPA sites. From the studied parameters, only enforcement level played a significant role in the effectiveness of these MPAs. Small and locally managed MPAs can benefit fish populations, but only when properly managed and enforced. Certain areas need further investments from the municipalities to be able to be effective and properly conserve fish populations.
As áreas marinhas protegidas (AMPs) de proteção total foram estabelecidas como uma estratégia de gestão para conservar a biodiversidade e sustentar a pesca. Quando administradas adequadamente, tais áreas podem manter ou aumentar a produtividade dos recifes e beneficiar as áreas circundantes, proporcionando captura para os pescadores. Nas Filipinas, a maioria das AMPs são pequenas (<1 km2), gerenciadas localmente, e a maioria apresentam níveis baixos de vigilância. Foram estudadas cinco AMPs localmente administradas em Negros Oriental para testar a eficácia destas. Os objetivos foram comparar a biomassa dos peixes, a riqueza, a abundância, a diversidade e a uniformidade entre AMPs e locais adjacentes abertos à pesca e ver como eles variavam entre os diferentes níveis de vigilância, tamanhos e idades das AMPs. Censos visuais subaquáticos foram realizados para registar e medir peixes de 76 espécies indicadoras dentro e fora das AMPs de Setembro de 2016 a Fevereiro de 2017. A análise de dados mostrou que os valores dos parâmetros estudados eram maiores apenas dentro de algumas AMPs. Duas AMPs foram consideradas eficazes na região, apresentando maior biomassa, riqueza, densidade e uniformidade de espécies. Por outro lado, três AMPs pareceram ser ineficazes, exibindo valores semelhantes aos das áreas de pesca. Dentre os parâmetros estudados, somente o nível de vigilância desempenhou um papel importante na eficácia dessas AMPs. Este tipo de AMPs podem beneficiar as populações de peixes, mas somente quando devidamente gerenciadas e vigiladas. Certas áreas precisam de mais investimentos dos municípios para serem eficazes e conservar populações de peixes.
Descrição: Dissertação de Mestrado apresentada no ISPA - Instituto Universitário para a obtenção de grau de Mestre na especialidade de Biologia Marinha e Conservação
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/5778
Designação: Mestrado em Biologia Marinha e Conservação
Aparece nas colecções:BMAR - Dissertações de mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
24300.pdf2,49 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.