Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/576
Título: Validação do processo de selecção da 3ª fase do concurso de admissão de cadetes à Escola Naval
Autor: Gouveia, Raúl Bernardo Mourato Ramos
Orientador: Jesuíno, Jorge Correia
Data de Defesa: 1996
Editora: Instituto Superior de Psicologia Aplicada
Resumo: A presente investigação teve por finalidade verificar a validade preditiva dos resultados obtidos na avaliação das qualidades pessoais dos candidatos, na 3a fase do concurso de admissão de cadetes à E.N., em relação às valorizações das Aptidões Militar-Navais dadas enquanto cadetes dos 1o e 2 anos da E.N.. A investigação analisou os processos de selecção do concursos de admissão de cadetes à E.N., nos anos de 1993, 1994 e 1995. Os sujeitos que participaram nesta investigação pertencem portanto a três grupos distintos, mas que apresentam homogeneidade em relação aos seguintes aspectos: 1) tinham um número médio de 60 sujeitos, 2) eram maioritariamente do sexo masculino, 3) tinham uma idade média compreendida entre os 17 e os 20 anos, 4) foram todos voluntários para ingressar na Armada e 5) tinham como habilitações académicas mínimas exigidas o 12° ano das áreas de estudo que incluíssem a disciplina de Matemática. O método utilizado consistiu em validar o novo processo de selecção dos candidatos, que foi implantado em 1993 e que se baseava na avaliação das qualidades pessoais dos candidatos através da observação dos seus comportamentos em Provas de Situação de Liderança. Foi escolhida a metodologia prescrita por Yukl (1981) especificamente para a selecção de pessoal, no seu paradigma de liderança. Assim, pretendeu-se verificar a validade preditiva e de construto daquelas Provas em relação à avaliação das Aptidões Militar-Navais, comparando os resultados nelas obtidos com os resultados obtidos na avaliação dos traços dos candidatos nas Provas Psicotécnicas efectuadas na 2a fase do concurso de admissão. Os instrumentos utilizados foram diferentes testes para identificação de traços de personalidade e de comportamentos contingenciais e uma grelha para avaliação por observação, das Perícias de Liderança e das Qualidades Pessoais em Provas de Situação de Liderança. A estatística aplicada foi a regressão múltipla por satisfazer as múltiplas relações existentes entre as variáveis dependentes e independentes definidas. Após terem sido aplicadas as regressões múltiplas a cada P.M.G. foi efectuada a sua comparação, no sentido de verificar a existência de variáveis independentes comuns às variáveis dependentes, simultaneamente nas três P.M.G.. Com efeito, não se encontrou comunalidade das variáveis independentes inter-P.M.G.. Da análise dos resultados concluiu-se não se ter verificado maior capacidade preditiva das Provas de Situação de Liderança em relação à avaliação das Aptidões Militar-Navais tendo como elemento de comparação as Provas Psicotécnicas. No entanto, deve ser mantido o processo de selecção em vigor porque do ponto de vista metodológico a sua avaliação se coaduna com os resultados obtidos por Kenrick e Funder (1988) em investigações efectuadas neste domínio. Recomenda-se que se dê continuidade à presente investigação mas efectuando as seguintes alterações metodológicas: 1) a avaliação das Aptidões Militar-Navais deve passar a ser efectuadas por um número mínimo de cinco avaliadores, 2) a grelha de avaliação das Aptidões Militar-Navais deve ser adequada à nova grelha de Avaliação Individual dos Militares da Marinha afim de permitir verificar uma validade preditiva de mais longo alcance, entre outras.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Comportamento Organizacional
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/576
Aparece nas colecções:PSAU - Tese de doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM GOUV-R1.pdf9,97 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.