Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/503
Título: Professores, futuros professores, as normas de referência e as suas implicações no comportamento de avaliar
Autor: Fernandes, Antónia Maria Pratas
Orientador: Ramalho, Glória
Data de Defesa: 2001
Editora: Instituto Superior de Psicologia Aplicada
Resumo: O presente trabalho teve como propósito o estudo do comportamento avaliativo subjacente às normas de referência. Rheinberg (1983), referiu que na actividade avaliativa existem duas normas de referência, uma social e outra individual, que teoricamente se opõem. Na sequência dos trabalhos empíricos de Rheinberg (1980, 1983) e Forzi (1994), analisou-se o método de categorização, do comportamento de avaliação, dos professores, procedendo-se à operacionalização da "norma de referência" e, em consequência, à definição de três categorias: social, individual e sócio-individual. Nesta perspectiva, o nosso estudo teve três objectivos fundamentais. O primeiro, numa amostra de 189 sujeitos (professores e futuros professores), visava analisar, em pormenor, o instrumento empírico criado por Rheinberg - "Little Evaluation Test", que constitui a nossa primeira parte. O segundo, numa amostra de 147 sujeitos (professores e futuros professores, do sexo feminino), visava analisar o modo como os sujeitos, das diferentes normas de referência, se distinguiam relativamente às intervenções consideradas eficazes em alunos com dificuldades na escola e da importância das disciplinas na avaliação do nível de sucesso. O terceiro, numa amostra de 147 sujeitos, visava verificar as diferenças significativas, entre professores e futuros professores, na avaliação ao "Little Evaluation Test", nas intervenções pedagógicas e nas disciplinas, que constitui a nossa segunda parte. Da análise dos resultados, salientamos as seguintes conclusões: os resultados, relativamente às diferenças entre os professores e futuros professores, verificados no "Little Evaluation Tesí" fazem supor que os critérios, subjacentes à avaliação de alunos com notas mais baixas, se encontram, de algum modo, mais interiorizados e mais uniformizados.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Psicologia Educacional
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/503
Aparece nas colecções:PEDU - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM FERN-A1.pdf7,43 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.