Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/457
Título: Toxicodependentes fora e dentro do sistema prisional: Populações diferentes?
Autor: Costa, Luísa Valente Gomes da
Orientador: Figueiredo, Eurico
Data de Defesa: 1999
Editora: Instituto Superior de Psicologia Aplicada
Resumo: O presente trabalho de dissertação de mestrado abordou a problemática das toxicodependências no contexto prisional, designadamente na especificidade das suas diferenças relativamente ao fenómeno no meio livre. Estudou-se o funcionamento do toxicodependente (do sexo masculino) fora (Centro de Atendimento de Toxicodependentes - CAT - e comunidade terapêutica, n=32) e dentro do contexto prisional (estabelecimento prisional central, n=27), nas diferentes áreas de vida (problemas médicos, laborais, de drogas, legais, sociofamiliares e psicológicos), medidas pelo índice de Severidade da Toxicodependência (Addiction Severity Index, McLellan 1979.1980), versão europeia. Os resultados encontrados apontaram para a existência de diferenças significativas entre os grupos, salientando-se a maior severidade dos problemas no grupo detido embora os próprios tenham atribuído, predominantemente, uma menor importância aos seus problemas e considerarem necessitar menos de ajuda do que o grupo em tratamento na comunidade livre. O pedido de ajuda com maior peso quantitativo e qualitativo no grupo fora da prisão, pareceu constituir-se um acontecimento de vida com significado na não entrada do toxicodependente no sistema prisional.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Psicopatologia e Psicologia Clínica
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/457
Aparece nas colecções:PCLI - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM COST-L1.pdf10,63 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.