Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/4547
Título: O fenómeno do abuso sexual de crianças : O abusador intra-familiar e o extra-familiar
Autor: Passarinho, Margarida Consolado Barata Tavares
Orientador: Peixoto, Francisco José Brito
Palavras-chave: Abuso sexual infantil
Abusador intra-familiar
Abusador extra-familiar
Distorções cognitivas
Experiências de abuso sexual infantil
Child sexual abuse
Intra-familial abuser
Extra-familial abuser
Cognitive distortions
Childhood sexual abuse experiences
Data de Defesa: 2015
Resumo: O presente projeto possui como objetivo principal proporcionar uma compreensão acerca do fenómeno do abuso sexual infantil, focando-se no perpetrador desse abuso. Os objetivos específicos consistem em caracterizar dois tipos de abusador sexual infantil: o intra-familiar e o extra-familiar, indicando a literatura existirem diferenças significativas entre ambos, comparando-se os grupos relativamente a vários aspetos, mas em especial no que diz respeito a experiências de abuso sexual na infância e distorções cognitivas. Primeiramente, realiza-se uma revisão da literatura no âmbito do abuso sexual infantil, bem como acerca de experiências de abuso sexual infantil e distorções cognitivas e do modo como estes fatores se relacionam com o abusador sexual infantil intra-familiar e com o extra-familiar. Posteriormente, apresenta-se a metodologia escolhida para o projeto. Esta seria qualitativa, recorrendo-se a entrevistas semi-estruturadas para recolher os dados. Os participantes seriam 30 sujeitos condenados por abuso sexual de crianças (15 intra-familiares e 15 extra-familiares) a cumprir pena em Estabelecimento Prisional. Em último lugar, são apresentados e discutidos os resultados esperados. Os principais resultados esperados seriam que os abusadores sexuais de crianças intra-familiares reportassem mais experiências de abuso sexual na infância relativamente aos extra-familiares, e que os abusadores sexuais de crianças extra-familiares demonstrassem mais distorções cognitivas do que os intra-familiares. Com a realização deste projeto, pretender-se-ia obter dados que evidenciassem as diferenças entre os dois grupos e contribuir para a investigação nacional nesta área, devido à escassez de estudos que comparam abusadores sexuais infantis intra-familiares e extra-familiares.
ABSTRACT: The main goal of this research project is to provide an understanding of the child sexual abuse phenomenon, focusing on its perpetrator. The specific goals are to characterize two types of child sexual abuser: the intra-familial and the extra-familiar, since the literature states that they exhibit relevant differences, comparing both groups in various aspects, but in particular regarding childhood sexual abuse experiences and cognitive distortions. Firstly, a literature review on child sexual abuse is conducted, as well as on childhood sexual abuse experiences and cognitive distortions and how those relate to the intra-familial and to the extra-familial child sexual abuser. Afterwards, the methodology selected for the project is presented. It would be a qualitative methodology, and the data would be acquired through semi-structured interviews. The participants would be 30 individuals convicted of child sexual abuse (15 intra-familial and 15 extra-familial), serving their sentence in prison. At last, the expected results are addressed and discussed. The main expected results would be that the intra-familial child sexual abusers reported more experiences of sexual abuse in their childhoods than the extra-familials, and that the extra-famial child sexual abusers had more cognitive distortions than the intra-familials. By conducting this research project, it was intended to obtain data that would highlight the differences between the two groups, thus contributing to the national research on this topic, given that studies comparing intra-familial and extra-familial child sexual abusers are scarce.
Descrição: Dissertação de Mestrado apresentada ao ISPA - Instituto Universitário
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/4547
Designação: Mestrado em Psicocriminologia
Aparece nas colecções:PLEG - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
20044.pdf544,78 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.