Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/4527
Título: Violência doméstica entre parceiros íntimos homossexuais
Autor: Czuba, Jéssica Nathália de Souza
Orientador: Peixoto, Francisco José Brito
Palavras-chave: Violência doméstica homossexual
Crenças legitimadoras da violência
Satisfação
Amor apaixonado
Homossexual domestic violence
Violence legitimizing beliefs
Satisfaction
Passionate love
Data de Defesa: 2015
Resumo: O presente estudo teve como objetivo analisar as relações entre o ajustamento diádico, a intensidade do amor apaixonado, a prevalência de comportamentos violentos e as crenças legitimadoras de violência nas relações de parceiros íntimos homossexuais. Participaram no estudo 131 indivíduos, homens e mulheres, com orientação sexual homossexual ou bissexual, com idade igual ou superior a 18 anos. Para coletar os dados foi utilizado um questionário sociodemográfico, a Escala Revista de Ajustamento Diádico (Spanier, 1976; adaptado por Costa, Pereira & Leal, 2011), a Escala de Amor Apaixonado (Hatfield & Sprecher, 1986; adaptado por Feybesse, Neto & Hatfield, 2011), a Escala de Crenças sobre Violência Conjugal adaptada (Machado, Matos & Gonçalves, 2006) e o Inventário de Violência Conjugal (Machado, Matos & Gonçalves, 2006). A análise de dados evidenciou um elevado índice de consenso e de coesão referente ao ajustamento diádico nos homens e nas mulheres; indicou, apesar dos valores mais altos para os homens, baixos níveis de legitimação de violência; mostrou baixo índice de prevalência de comportamentos violentos em ambos os sexos; e a inexistência de diferenças do grau de amor apaixonado entre os participantes do sexo masculino e do sexo feminino. A análise de correlação mostrou associação negativa entre a prevalência de violência e a satisfação, associação positiva entre as crenças legitimadoras de violência e o índice de comportamentos violentos, e a inexistência de associação do amor apaixonado com a prevalência de violência e com a satisfação nos relacionamentos de intimidade.
ABTRACT: The study presented aims to analyse the relationship between dyadic adjustment, the intensity of passionate love, the prevalence of violent behavior and violence legitimizing beliefs in relationships between homosexual intimate partners. 131 individuals participated in the study, men and women, with homosexual or bisexual orientation, aged 18 years old or older. To collect the data we used a sociodemographic questionnaire, the Reviewed Scale of Dyadic Adjustment (Spanier, 1976; adapted by Costa Pereira & Leal, 2011), the Passionate Love Scale (Hatfield & Sprecher, 1986; adapted by Feybesse, Neto & Hatfield, 2011), the Adapted Scale of Marital Violence Beliefs (Machado, Matos & Gonçalves, 2006) and the Inventory of Marital Violence (Machado, Matos & Gonçalves, 2006). Data analysis showed a high consensus rate and cohesion related to dyadic adjustment in men and women; indicated, despite higher values for men, low levels of violence legitimization; showed a low rate of prevalence for violent behavior in both sexes; and the lack of differences in the degree of passionate love between the male and female participants. The correlation analysis showed a negative association between the prevalence of violence and satisfaction, positive association between the violence legitimizing beliefs and violent behavior index, and a lack of association between lack of passionate love, the prevalence of violence and the satisfaction in relationships of intimacy.
Descrição: Dissertação de Mestrado apresentada ao ISPA - Instituto Universitário
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/4527
Designação: Mestrado em Psicocriminologia
Aparece nas colecções:PLEG - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
19781.pdf1,32 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.