Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/435
Título: Preparação para o parto: Estudo do comportamento das parturientes e das atitudes dos profissionais de saúde
Autor: Coelho, Lucília S. A.
Orientador: Ribeiro, Jorge da Silva
Data de Defesa: 1998
Editora: Instituto Superior de Psicologia Aplicada
Resumo: A presente tese apresenta os resultados de uma investigação que teve por objectivos: (a) Descrever o contexto em que se desenvolve o trabalho de parto e o próprio parto nas instituições de saúde; (b) Avaliar a influência da preparação para o parto nas parturientes e recém-nascidos e (c) Analisar as atitudes dos profissionais de saúde perante a preparação para o parto. Para descrever o contexto em que se desenvolve o trabalho de parto e o próprio parto, foi aplicado um questionário a 128 parturientes, que acorreram a instituições situadas em Almada, Lisboa, Caldas da Rainha, Leiria e Porto, no período compreendido entre Outubro de 1998 a Fevereiro de 1999. A avaliação da influência da preparação para o parto nas parturientes e recém-nascidos foi efectuada a 53 parturientes primíperas, que acorreram durante o mesmo período às referidas instituições. Foram avaliados os níveis de ansiedade (escala "STAI") e os níveis de dor (questionário de Mcgill/ Melzack) nas parturientes, assim como a duração do trabalho de parto, tipo de parto (eutócico, distócico), analgesia e indução/potencialização do trabalho de parto. Ao recém-nascido foi avaliado o índice de Apgar ao primeiro e quinto minuto. Para analisar as atitudes dos profissionais de saúde perante a preparação para o parto foi construído e validado um Inventário de Atitudes dos Profissionais de Saúde sobre a Preparação para o Parto (IAPP). Este inventário foi aplicado a 220 profissionais de saúde da área de Saúde Materna, a exercerem funções nas instituições atrás citadas e durante o mesmo período. XI Os resultados revelaram que 79% das parturientes não efectuaram preparação para o parto e que, entre as que efectuaram preparação, o método de preparação para o parto mais efectuado foi o psicoprofiláctico (86%). As parturientes que fizeram preparação para o parto, apresentaram níveis de ansiedade e de dor significativamente mais baixos do que as parturientes que não fizeram preparação para o parto. O Inventário de Atitudes dos Profissionais de Saúde sobre a Preparação para o Parto (IAPP) apresentou boas qualidades psicométricas (Alfa Cronbach-0,88, teste/reteste-0,73). Apresentou cinco factores com valor próprio superior a um (eigenvalue), que explicam 59% da variância total. Estes factores permitem distinguir que a preparação para o parto actua a nível da facilitação/colaboração da parturiente, do controlo emocional da parturiente, do controlo emocional da puérpera, da comunicação e da cooperação das parturientes com os profissionais de saúde. O estudo demonstra também que os médicos e os enfermeiros não apresentam entre si diferenças significativas nas atitudes em relação à preparação para o parto. No entanto existem diferenças significativas nas atitudes em relação à preparação para o parto nos profissionais de saúde com e sem formação específica na área da preparação para o parto, isto é, os profissionais que fizeram formação na área da preparação para o parto, têm atitudes mais favoráveis sobre esta. Revela, ainda, que existem diferenças estatisticamente significativas de atitudes em relação à preparação para o parto, entre os enfermeiros de nível um (generalistas e os enfermeiros de nível dois (especialistas). Os enfermeiros especialistas (nível 2), têm atitudes significativamente mais favoráveis em relação à preparação para o parto, do que o enfermeiros generalistas (nível 1), no que se refere à preparação para o parto.
Descrição: Dissertação de mestrado em Comportamento Organizacional
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/435
Aparece nas colecções:PORG - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM COEL-L1.pdf6,25 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.