Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/4255
Título: O assédio moral nas organizações : A outra face
Autor: Oliveira, Joana Filipe Godinho Lobo de
Orientador: Gomes, Jorge F. S.
Palavras-chave: Assédio moral
Ambiente de trabalho
Produtividade
Moral harassment
Work atmosphere
Productivity
Data de Defesa: 2008
Resumo: O presente estudo desenvolveu uma análise do assédio moral enquanto fenómeno destrutivo que é para as organizações e para a saúde física e mental dos seus colaboradores. Neste sentido, visou salientar os principais processos que o englobam, nomeadamente a sua origem, características e consequências que lhe sucedem. Na medida em que o objectivo deste estudo é fundamentalmente o desenvolvimento de um quadro que permita conhecer processos ainda pouco estudados em Portugal, adoptou-se um estudo exploratório de orientação qualitativa. Neste sentido, decidimos recorrer a uma entrevista semi-estruturada, uma das estratégias mais representativas da investigação qualitativa, que aplicámos a uma amostra de 10 indivíduos. As questões colocadas visaram percepcionar o ambiente de trabalho dos entrevistados, nomeadamente a relação entre assediado e assediador; ao mesmo tempo, conhecer as origens e frequência das práticas de assédio, as emoções e consequências experimentadas pelo indivíduo, bem como as estratégias de combate e motivações para lidarem com este processo e, por fim, as metodologias utilizadas pelos agressores. Os resultados deste estudo, realizados através de uma análise de conteúdo, revelaram, maioritariamente, entre outros factores, que os actos de assédio advêm das relações interpessoais no local de trabalho e que as suas consequências reflectem-se a nível organizacional – ambiente de trabalho e produtividade.
ABSTRACT: The present study has developed an analysis of the moral harassment as a destructive phenomenon for the organizations as well as for their collaborators’ physical and mental health. In this sense it aimed to point out the main process which mainly includes its origin, its characteristics and elapsing consequences. Once that the aim of this study is basically the development of a table which enables to be able to know processes which are insufficiently studied in Portugal, an exploitative study of quantifying orientation has been chosen. That’s why we have decided to use a semi-structured interview, one of the most representative strategies of the qualitative investigation which has been applied to a sample of 10 individuals. The posed questions intended to perceive the interviewed people’s work atmosphere, mainly the relationship between the besieger and the besieged. At the same time it tries to understand the different origins and the frequency of harassment practices, the emotions and consequences experienced by the individuals, as well as the strategies of opposition and motivation to deal with this process and eventually the methodologies used by the aggressors. The results of this study fulfilled through a contents analysis have shown among other factors, that the acts of harassment occur in interpersonal relations at the place of work and that its consequences show up in the organization - work atmosphere and productivity.
Descrição: Dissertação de Mestrado apresentada ao ISPA - Instituto Universitário
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/4255
Designação: Mestrado em Psicologia Social e das Organizações
Aparece nas colecções:PORG - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
12295.pdf929,34 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.