Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/4246
Título: As representações da indisciplina e atribuições causais por alunos do 2.º ciclo
Autor: Madeira, Telma Barreto
Orientador: Morgado, José
Palavras-chave: Indisciplina
Causas da indisciplina
Representações sociais
Undisciplined
Causes of indiscipline
Social representations
Data de Defesa: 2008
Resumo: Com o decorrer dos anos, tem-se assistido a um aumento de situações comportamentais inapropriadas em contexto escolar. Assim, a tentativa de explicar e compreender tais comportamentos disruptivos, deve considerar uma panóplia de factores, como por exemplo: os factores de natureza institucional e organizacional, os tipos de relação pedagógica estabelecida, as normas em vigor, os tipos de comunicação, os programas curriculares, assim como, as características psicológicas e sociais dos alunos. Os objectivos gerais de pesquisa do presente estudo que assenta na metodologia comparativa, incidem sobre a exploração da representação dos estudantes disciplinados e indisciplinados, diferenciados por género sobre o conceito de indisciplina e as suas causas, ou seja, dos conteúdos e formas com que definem, explicam e avaliam, segundo os seus critérios, e as soluções alternativas que propõem. A amostra do estudo foi constituída por 60 estudantes dos 5.º e 6.º anos de escolaridade, com idades compreendidas entre os 10 e 12 anos, provenientes do meio urbano. Para obter a nossa amostra foi utilizado um questionário adaptado de um estudo de Amado (1999, 2000 e 2002). Posteriormente utilizámos a entrevista semi-directiva adaptada de Gross (2001), com o objectivo de questionar os alunos como forma de captar as suas opiniões sobre o tema em estudo. A recolha de dados permitiu analisar que realmente existem diferenças entre as representações entre alunos considerados disciplinados e indisciplinados e entre os alunos de ambos os géneros, no entanto e após a utilização de testes estatísticos aconselháveis à natureza dos objectivos e das variáveis em causa, com destaque para o uso de Mann- Whitney, pode confirmar-se que as diferenças encontradas não eram significativas. Dos resultados encontrados no conjunto da amostra, destacamos que os comportamentos desadequados como; falar muito e alto, são os mais referenciados pelos alunos de ambos os sexos. Os sujeitos atribuem em parte as causas da indisciplina aos próprios alunos, às suas atitudes menos correctas e carências educativas da família. Propõem soluções como “os professores castigarem mais” e simplesmente “portar-se bem”.
ABSTRACT: Over the years, we have witnessed a growing up number of inappropriate behaviour situations in children’s school. Thus, the attempt to explain and understand such disruptive behaviour, should consider a variety of factors: the factors of institutional and organizational nature, the kinds of educational relationship established, the rules, the types of communication, program curriculum, as well as the social and psychological characteristics of students. The general goals of this research study, based on comparative methodology, focus on the exploration of the representation of students disciplined and undisciplined, broken down by gender on the concept of indiscipline and its causes, namely the contents and forms that define, explain and evaluate, according to its criteria, and the solutions they propose alternatives. The sample of the study was formed by 60 students from 5. º and 6. º years of schooling, aged between 10 and 12 years old, from the urban areas. For our sample was used a questionnaire adapted from a study by Amado (1999, 2000, 2002). Later used the semi-directive adapted from Gross (2001), with the aim of challenging the students as a way to capture their views on the subject under study. The collection of data allowed us to analyze differences between the representations of students considered disciplined and undisciplined and among students of both sexes, however, and after the use of statistical tests recommended to the nature and objectives of the variables involved, with emphasis for Mann-Whitney, it can be confirmed that the differences were not significant. From the results of the whole sample, we notice that the inappropriate conduct such as speak too much and very high, are the most referenced by students of both sexes. They attribute a part of the causes of indiscipline on the students themselves, their attitudes less correct and educational needs of the family. Proposed solutions as "teachers punish more" and simply "carry themselves well."
Descrição: Dissertação de Mestrado apresentada ao ISPA - Instituto Universitário
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/4246
Designação: Mestrado em Psicologia Educacional
Aparece nas colecções:PEDU - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
15662.pdf467,67 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.