Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/4242
Título: A preferência intertemporal face ao prazer de poupar e à dor de pagar
Autor: Kahles, Barbara Maria
Orientador: Scholten, Marc
Palavras-chave: Comportamento do consumidor
Escolha intertemporal
Dor de pagar
Frugalidade
Consumer behavior
Intertemporal choice
Pain of paying
Frugality
Data de Defesa: 2010
Resumo: O presente estudo encontra-se inserido na área da Psicologia Económica, mais concretamente na temática do comportamento do consumidor, e pretende contribuir para a exploração de temas tão importantes e actuais como a escolha intertemporal e os comportamentos face aos gastos e poupanças. O principal objectivo de investigação consiste em averiguar em que medida a dor de pagar e o prazer de poupar (frugalidade) estão associados às preferências intertemporais do sujeito (impaciência). Também se pretende avaliar, através da escala de Scholten (2010), o comportamento dos sujeitos face a escolhas monetárias hipotéticas, à luz das anomalias do modelo DU. Este é um estudo correlacional que contempla três medidas: a impaciência (preferência intertemporal), o prazer de poupar (frugalidade) e a dor de pagar. Com vista a responder ao problema de investigação, foram formuladas três hipóteses. A primeira hipótese postula que os consumidores poupados deverão apresentar menores níveis de impaciência relativamente aos consumidores gastadores; quanto à segunda hipótese, espera-se que os consumidores mais frugais apresentem menores níveis de impaciência quando comparados aos consumidores menos frugais; e, por último, estima-se através da terceira hipótese, que os consumidores mais frugais sejam mais poupados e menos gastadores do que os consumidores menos frugais. Os resultados sugerem a inexistência de relações significativas entre a escolha intertemporal e a dor de pagar, e de igual modo entre a primeira e o prazer de poupar. No entanto, foi possível constatar não só a existência de relações significativas entre a dor de pagar e o prazer de poupar (frugalidade), como também a presença das anomalias do modelo DU na escala de Scholten (2010), tal como era esperado.
ABSTRACT: The present study is carried out in the Economic Psychology field, in the consumer behavior area, and aims to explore so important and current subjects such as intertemporal choice and behaviors related to saving and spending habits. The main goal of this research is to analyze in which way pain of paying and pleasure of saving (frugality) affects subjects’ time preferences (impatience). Furthermore, it is also a purpose to evaluate subjects’ behavior through hypothetical monetary choices and verify if the anomalies of DU Model are present in Scholten Scale (2010). This is a correlation study with three measures: impatience (time preference), pleasure of saving (frugality) and pain of paying. In order to answer the investigation problem, following hypothesis were formulated: spendthrifts should have lower levels of impatience than tightwads; frugal consumers should present lower levels of impatience when compared with less frugal consumers; and, finally, frugal consumers tend to be tighter and spendless with money in relation to less frugal consumers. Results suggest that there is no significant relation between intertemporal choice and pain of paying and also between intertemporal choice and pleasure of saving. On the other hand, it is possible to confirm, not only the existence of significant relationship between the pain of paying and the pleasure of saving, but also the evidence of the DU anomalies on Scholten Scale (2010), as expected.
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/4242
Designação: Mestrado em Psicologia
Aparece nas colecções:PSOC - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
13914.pdf563,84 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.