Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/4230
Título: A adolescência e as suas transformações através do Rorschach
Autor: Ferreira, Paulo Alexandre Pais
Orientador: Marques, Maria Emília
Palavras-chave: Adolescência
Desenvolvimento
Transformação
Rorschach
Adolescence
Development
Transformation
Rorschach
Data de Defesa: 2009
Resumo: O desenvolvimento da adolescência é um período de crescimento e de transformações que permitem a passagem da infância para a vida adulta. É esta passagem que procuramos compreender de uma forma mais cuidada, pensando no modo como o sujeito transforma aquilo que em si é desconhecido, o corpo que surge com novas características, as imagens identificatórias que se alteram. Através deste estudo vai ser possível analisar e compreender a adolescência de uma outra perspectiva, em que as alterações que ocorrem neste período são fruto da interacção do sujeito com o mundo, já que ambos se encontram em constante transformação e mudança. Neste trabalho procura-se compreender o modo como decorrem as transformações na adolescência, principalmente ao nível do corpo e dos processo de identificação, baseando-nos numa perspectiva do conhecimento, em que as transformações são compreendidas numa linha de crescimento e de desenvolvimento. A revisão bibliográfica levada a cabo, focaliza-se na teoria psicanalítica, o que corresponde a uma escolha de acordo com os nossos interesses pessoas e formação clínica e académica. O Teste de Manchas de Rorschach é utilizado como instrumento, uma vez permitir aceder ao conhecimento do outro, neste caso, do processo de desenvolvimento da adolescência, não para obter um diagnóstico mas para se aceder a uma compreensão de todo o processo de transformação e de simbolização, que decorre durante este período e que se revela nas respostas que são dadas pelo sujeito. Para realizarmos este trabalho, seleccionámos dois adolescentes, um rapaz e uma rapariga, em que foram avaliados em dois momentos diferentes, aos 13 anos (préadolescência) e aos 17 anos (adolescência), procurando ter uma concepção deste momento enquanto trabalho de integração e de transformação. Deste trabalho concluímos, que na pré-adolescência como na adolescência, tanto o rapaz como a rapariga, apresentam fragilidades e descontinuidades na representação de si e na representação de si face ao outro. No que respeita à adolescência propriamente dita, verifica-se que a vivência corporal, ainda está mal compreendida e assimilada, mas encontramos um trabalho mais consolidado ao nível da integração e da construção da identidade.
ABSTRACT: The adolescence development is a period of growing and transformation that enable passage the infancy to the adult life. We want to understand this passage, in a careful mould, thinking the way that occurs in the process of transformation in adolescence. Through this research, is possible analyse and understanding the adolescence in a new perspective, the alterations that appearing in this period, was just the interaction between subject and the world, and right now both are in constant change and transformation. We find to understand, the way that happen the transformation in adolescence, basing on a knowledge perspective, in which transformations are understandable a perspective of growing and development. Our bibliographic revision focus on the Psychoanalytical Theory, witch corresponds to a choice according to our interests, people and academic and clinical formation. Rorschach is a instrument allowing to know the “other”, in this case, the procedure of adolescence development, not just to obtain a diagnostic but in also to understand the all process of transformation and symbolism that occurs in this period of time and reveals it self by the answers given by the subject. In order to realize this study, we have selected two adolescent, a boy and a girl, that were evaluated in two different moments. First at 13 years old (pre-adolescence) and at 17 years old (adolescence), in order to have a better understanding of their integration and transformation process. On this study we conclude that in pre-adolescence as well adolescence, both the boy and girl present fragility’s and discontinuities in the representation of themselves in face of another. Concerning the adolescence, we verified the body life-hood is still wrongly understood within the subject, but we found a better development on the level of integration and building to the identity.
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/4230
Designação: Mestrado em Psicologia
Aparece nas colecções:PCLI - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
13738.pdf562,65 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.