Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/4222
Título: Casamento e recasamento : Uma questão de amor e resolução de conflitos
Autor: Teixeira, Patrícia Espadinha
Orientador: Veríssimo, Manuela
Palavras-chave: Casamento
Recasamento
Amor conjugal
Conflitos conjugais
Marriage
Remarriage
Conjugal love
Conjugal conflicts
Data de Defesa: 2015
Resumo: Hoje em dia o número de divórcios tem aumentado cada vez mais, dando lugar a novas formas de conjugalidade, como é o caso do recasamento, onde por sua vez, o casamento deixa de ser o único modelo protagonista na vida de uma família. Desta forma, com as novas alterações da constituição familiar, a temática do recasamento e das reconstituições familiares dos recasados despertam cada vez mais o interesse de estudiosos nas áreas das ciências humanas, como é o caso da Psicologia. Assim, o presente estudo tem como objetivo principal a comparação de dois modelos de conjugalidade, o casamento e recasamento, analisando em que medida o tipo de conjugalidade difere ou não no amor existente e no tipo de estratégias utilizadas pelo casal na resolução de conflitos. Pretende-se também analisar outras variáveis sociodemográficas, como a idade e habilitações literárias, uma vez que podem funcionar como mediadoras. Pretendeu-se também com este estudo analisar os dados com as díades e não individualmente. Para a realização do estudo participou uma amostra de 242 participantes (N= 242), correspondendo a 121 casais e a duas subescalas: casados (N= 199) e recasados (N= 43). Da respetiva amostra, 49,6% dos participantes correspondem ao género masculino (120 homens) e 50,4% ao género feminino (122 mulheres). Este estudo possui um carácter quantitativo e os dados foram recolhidos através de três tipos de instrumentos: Questionário Sociodemográfico; Escala Triangular do Amor de Sternberg e Conflict Resolution Behaviour Questionnaire. Os resultados revelam que não existem diferenças significativas no tipo de amor e nas estratégias de resolução de conflitos entre casados e recasados; no entanto, revelam ainda que os homens apresentam valores mais elevados de paixão no tipo de amor, e evitam mais os conflitos na sua resolução, comparativamente com as mulheres; a idade encontra-se relacionada com a paixão e com o compromisso em relação ao tipo de amor, e com as três dimensões relativamente aos conflitos; por último as habilitações literárias encontram-se relacionadas apenas com as estratégias de resolução de conflitos. O presente estudo para além de poder impulsionar novas investigações, contribui ainda para um melhor conhecimento acerca da temática que cada vez mais se tem tornado uma realidade da nossa vida.
ABSTRACT: Nowadays, the number of divorces has been raising more and more, giving place to new forms of conjugality, like re-marriage, where marriage stops being the only model on a family life. This way, with the new changes in the family constitution, the theme of remarriage and family reconstitution of the remarried, wake the interest of the researchers in the human science, like Psychology. The present study has as primary objective the comparison between two models of conjugality, marriage and remarriage, analyzing in what measure the type of conjugality differs or not in the existing love and on the type of strategies used by the couple in resolving conflicts. It's also intended to analyze other sociodemographic variables, like age and educational attainment, as these factors can work as mediators. This study also intends to analyze the data with dyads and not individuals. For the realization of this study, a sample of 242 participants was used (N= 242), referring to 121 couples and two subscales: Married (N=199) and Remarried (N=43). Of the respective sample, 49,6% of the participants are male (120 men) and 50,4% are female (122 women). In our study we used the Sociodemographic Questionnaire; Triangular Scale of Love by Sternberg and Conflict Resolution Behaviour Questionnaire. The results reveal that there's not any significant difference on the type of love and the conflict resolution strategies between married and remarried; however the study reveals that men show higher values of passion in the type of love, and avoid the conflict in their resolution, comparing to women; the age is found to be related with the passion and with the commitment in relation to the type of love, and with the three dimensions related to the conflicts. Finally, level of education was related only with conflict resolution strategies. The present study contributes to a better understanding about the thematic that has been becoming more of a reality in our lives.
Descrição: Dissertação de Mestrado apresentada ao ISPA - Instituto Universitário
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/4222
Designação: Mestrado em Psicologia Clínica
Aparece nas colecções:PCLI - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
20109.pdf778,67 kBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.