Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/4219
Título: O stress nas actividades dos bombeiros voluntários da cidade e do interior
Autor: Casimiro, João António dos Santos
Orientador: Vila Real, Ângela
Palavras-chave: Bombeiros voluntários
Percepção de stresse
Cidade
Interior
Volunteer firefighters
Perception of stress
City
Country
Data de Defesa: 2015
Resumo: A presente investigação tem por objetivo estudar a perceção de stress nas atividades dos bombeiros voluntários e aferir se existem diferenças entre exercer a função na cidade ou no interior. O estudo exploratório e comparativo teve uma amostra de 70 Bombeiros, sendo 35 da cidade e 35 do interior do país. Foi elaborado um protocolo de investigação composto por um questionário de dados sociodemográficos e a Escala de Perceção de Stress (EPS), adotada por Pais Ribeiro & Marques (2009). A EPS assume a perspetiva de que “a pessoa interage activamente com o meio ambiente, apreciando os acontecimentos como potencialmente ameaçadores ou desafiantes à luz dos recursos de coping disponíveis” Cohen et al, 1983 citado por Pais Ribeiro & Marques, (2009). Os resultados obtidos permitem-nos afirmar que os bombeiros enfrentam com sucesso os problemas com que se deparam, pelo que a sua perceção de stress é baixa. Não foram encontradas diferenças na perceção de stress relativamente ao género, mas constatou-se que quanto maior é o impacto (negativo) das situações difíceis, maiores são os níveis de stress percecionados. Apesar dos resultados obtidos não serem muito significativos, o que se pode dever à limitação da amostra, deveria ser considerado um apoio psicológico de caracter preventivo com o objetivo de fornecer estratégias de coping a esta classe profissional. Esse suporte seria fulcral para reduzir os impactos negativos que as situações difíceis possam originar nestes indivíduos, minimizando e prevenindo, assim, possíveis perturbações psíquicas.
ABSTRACT: This research aims to study the stress perception in the activities of volunteer firefighters and assess whether there are differences between doing their jobs in the city or in the country. The exploratory and comparative study had a sample of 70 firefighters, being 35 from the city and 35 from the country. A research protocol consists of a sociodemographic questionnaire and the Perception of Stress Scale (EPS), adopted by Pais Ribeiro &Marques (2009). The EPS takes the perspective that "the person interacts actively with the environment, enjoying the events as potentially threatening or challenging in the light of available coping resources" Cohen et al, 1983, quoted in Pais Ribeiro & Marques, (2009). The results supported the hypothesis that firefighters face successfully the problems encountered, so their perception of stress is low. There were no differences in stress perception related to gender, but it was found that the higher the (negative) impact of the largest difficult situations, the greater are the stress levels perceived. Although the results obtained are not very significant, which may be due to the limitation of the sample should be considered a psychological support with a preventive character should be considered, in order to provide coping strategies. That support would be essential to reduce the negative impacts that difficult situations might give to those individuals and thus minimizing and preventing possible mental disorders.
Descrição: Dissertação de Mestrado apresentada ao ISPA - Instituto Universitário
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/4219
Designação: Mestrado em Psicologia Clínica
Aparece nas colecções:PCLI - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
15604.pdf709,78 kBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.