Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/4207
Título: Contribuição para o estudo da biologia das anémonas do género Actinia linnaeus, 1767 na costa europeia
Autor: Santos, Emília Margarida Cadeireiro dos
Orientador: Pereira, Ana Martins
Palavras-chave: Genét ica
Comportamento agoníst ico
Actinia
Genetics
Agonist ic behavior
Data de Defesa: 2015
Resumo: A presente dissertação foca -se na biologia das anémonas -do-mar do género Actinia Linnaeus 1767, um grupo com ampla heterogeneidade morfológica e biogeográfica. Embora seja bastante comum, ainda existem dúvidas acerca da sua biologia, ecologia e taxonomia. A fim de contribuir para o conhecimento da biologia deste género, começou -se por utilizar uma técnica molecular para identificar as espécies deste género presentes na Península Ibérica. Adicionalmente, determinou-se a relação genética existente entre os adultos e os pólipos incubados em anémonas deste género presentes na costa Portuguesa, de modo a averiguar o tipo de reprodução utilizada por estas anémonas. Finalmente, estudou -se a presença e frequência de comportamentos agonísticos das anémonas da espécie A. fragacea Tugwell, 1856. O primeiro estudo permitiu validar a presença de três espécies do género Actinia na Península Ibérica: A. equina (Linnaeus, 1758) , A. schmidti Monteiro, Solé -Cava & Thorpe, 1997 e A. fragacea. A relação entre adultos e pólipos por eles incubados sugere fortemente que o tipo de reprodução associada à viviparidade é assexuada. Para o estudo do comportamento em A. fragacea foram realizados 24 testes, em que anémonas geneticamente iguais ou diferentes foram colocadas em contacto, sendo descri tos e quantificados os comportamentos agonísticos exibidos. Verificou-se a presença de comportamentos agonísticos em todos os ensaios, com frequências e durações mui to variáveis em ambos os grupos, tendo em 79% dos casos resultado no afastamento de uma das anémonas.
ABSTRACT: This dissertation focuses on the biology of sea anemones from the genus Actinia (Linnaeus, 1767) , a heterogeneous group in terms of morphology and biogeography. Although quite common organisms are included, there are still doubts about their biology, ecology and taxonomy. In order to contribute to the biological knowledge of this genus, a molecular approach was used for the identification of the species occurring in the Iberian Peninsula. Additionally, the genetic relationship between adults and incubated polyps (viviparity) in this genus was investigated for the Portuguese coast . Finally, the presence and frequency of agonistic behavior in sea anemones of the species A. fragacea (Tugwell, 1856) was also assessed. In the first study, the presence of three species of the genus Actinia in the Iberian Peninsula was validated: A. equina (Linnaeus, 1758) , A. schmidti (Monteiro, Solé-Cava & Thorpe, 1997) and A. fragacea. The relationship between adults and incubated polyps strongly suggests that the latter are asexually produced, being viviparity in Iberian Actinia an asexual reproduction mode. To study the agonistic behavior of A. f ragacea, 24 trials were performed, wherein the behaviour of pairs of clones or genetically different individuals were studied. Agonist ic behaviours were recorded in all trials, with variable durations and f requencies, for both groups. In 79% of the trials, these behaviours were followed by withdrawal .
Descrição: Dissertação de Mestrado apresentada ao ISPA - Instituto Universitário
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/4207
Designação: Mestrado em Biologia Marinha e Conservação
Aparece nas colecções:BMAR - Dissertações de mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
20155-OA.pdf655,89 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.