Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/4205
Título: Influência da idade parental e do sucesso reprodutor na manipulção do sexo da prole numa ave marinha monogâmica : Calonectris diomedea borealis
Autor: Mateus, Célia
Orientador: Catry, Paulo
Campioni, Letizia
Palavras-chave: Alocação do sexo
Cagarra
Crias
Progenitores
Idade
Sex allocation
Cory shearwater
Chicks
Parents
Age
Data de Defesa: 2015
Resumo: A teoria de Fisher (1930) sugere que, para a maioria das espécies, o investimento dos progenitores no cuidado parental é igual para ambos os sexos das crias, permitindo deste modo um equilíbrio do rácio sexual na natureza de 1:1. No entanto, Trivers e Willard (1973) verificaram que em algumas espécies os progenitores em priores condições investem maioritariamente no sexo que exige um menor gasto energético. Ainda que ao longo dos anos tenha havido um aumento na investigação sobre a alocação do sexo em aves, há ainda muito por descobrir sobre os fatores que a influenciam. Usando um estudo de longo-prazo sobre a cagarra Calonectris diomedea borealis, testou-se se há uma alocação do sexo relativamente à idade parental e ao sucesso reprodutor passado. O estudo realizou-se em 2014 na ilha Selvagem Grande. Recolheram-se 208 amostras de sangue a crias, sendo possível determinar o sexo de 158 indivíduos por análise molecular. A análise estatística revelou existir dimorfismo sexual nas crias, sendo os machos mais pesados. Adicionalmente a este facto, o volume e a forma dos ovos não aparentam estar relacionados com o sexo da cria, nem com a idade dos progenitores. Não se encontraram indícios de alocação sexual relativamente à idade ou ao sucesso reprodutor passado (reflectindo qualidade) dos progenitores. Conclui-se, portanto, que o investimento diferencial em crias machos ou fêmeas, em função do estado dos progenitores, não é uma característica universal em espécies dimórficas e não se aplica à cagarra, sendo, contudo, desejável estudar este aspecto em anos com condições ambientais contrastantes.
ABSTRACT: Fisher’s theory (1930) suggests that for most species the parental effort in the care of the offspring is the same for both sexes, allowing a natural ratio of 1 to 1. However, Trivers and Willard (1973) found that in some species, individuals in poorer condition may invest in the sex that requires less energy. Over the years there has been an increase in research on the allocation of the bird´s sex. Despite this, there are still knowledge gaps that must be fulfilled). Using a long-term study of Calonectris diomedea borealis, we tested if parental age and past breeding success (reflecting quality) influenced the choice of the sex of the offspring. The study took place in 2014 at Selvagem Grande island. 208 blood chicks’ samples were collected, being possible to determine the gender of 158 subjects. Statistical analysis showed there is sexual dimorphism in chicks, with males being heavier. The volume and shape of the eggs are not related to the sex of the offspring, or with the age of the parents. The age of the male and of the female parent, and their past breeding output (reflecting individual quality) did not influence the sex of the offspring. In conclusion, the differential investment in male or female offspring in relation to parental state or condition is not an universal feature amongst birds and does not apply to the present species, although more data from years with contrasting environmental conditions are desirable.
Descrição: Dissertação de Mestrado apresentada ao ISPA - Instituto Universitário
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/4205
Designação: Mestrado em Biologia Marinha e Conservação
Aparece nas colecções:BMAR - Dissertações de mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
22704-RA.pdf1,63 MBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.