Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/4189
Título: Sem ninho: Saída de instituições de acolhimento e gravidez na adolescência
Autor: Sanches , Ana Carina Pereira da Silva
Orientador: Pires, António Augusto Pazo
Palavras-chave: Institucionalização
Gravidez na adolescência
Grounded theory
Desamparo
Institutionalization
Teenage pregnancy
Helplessness
Data de Defesa: 2009
Resumo: Esta investigação teve o objectivo de cruzar a experiência da saída da instituição, em casos de crianças retiradas às suas famílias por longos períodos de tempo, com a gravidez na adolescência, entendendo como se tornam mães, estas jovens que cresceram em lares de acolhimento. Os participantes foram duas jovens institucionalizadas, quatro jovens que já tinham saído da instituição, uma ajudante de lar e a directora da instituição de acolhimento. Foram realizadas nove entrevistas semi-estruturadas, posteriormente analisadas segundo o método da Grounded Theory. As jovens constroem muitas expectativas sobre a sua saída do lar, bastante direccionadas para a fantasia de liberdade. Ao saírem do lar de acolhimento são orientadas para a reunificação familiar ou para processos de autonomização. É evidente o sentimento de abandono, a revolta, a solidão e o desamparo nesta adaptação ao mundo fora da instituição, sendo que a gravidez representa a possibilidade de mudança para uma vida diferente, terem alguém só para si, e um sentido para a sua vida, apesar de demonstrarem, paralelamente, um arrependimento de terem engravidado naquela altura da sua vida.
ABSTRACT: This investigation had the objective of crossing the experience of leaving the institution, in cases of children removed from their families for long periods of time, with teenage pregnancy are understanding how became mothers these young people who grew up in foster care. The participants were two young institutionalized, four youths who had already left the institution, a member of the staff, and the institution’s director. There were nine semi-structured interviews, then analyzed by the method of Grounded Theory. The teenagers build a lot of expectations on its way out of the residence, rather directed to the fantasy of freedom. When they left the foster care, are geared toward family reunification or to autonomy’s processes. Clearly the feeling of abandonment, anger, loneliness and helplessness in this adaptation to the world outside the system of care, and the pregnancy is the chance to move to a different life, having someone just for them, and a sense for they life, while showing at the same time, a regret of having gotten pregnant at that time of their life.
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/4189
Designação: Mestrado em Psicologia Aplicada
Aparece nas colecções:PSAU - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
14635.pdf562,84 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.