Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/418
Título: Representação social da formação profissional
Autor: Cascão, Arcindo dos Santos Ferreira
Orientador: Jesuíno, Jorge Correia
Jesuíno, Jorge Correia
Data de Defesa: 1996
Editora: Instituto Superior de Psicologia Aplicada
Resumo: Na origem do presente trabalho está uma preocupação actual que se prende com a representação social da formação profissional. Neste sentido, procurou-se neste estudo perceber qual a representação que existe relativamente a esta área de actividade, determinando-se a forma como os sujeitos efectuam a ancoragem da representação. Paralelamente, desenvolveu-se um esforço para identificar a forma como a representação da formação é objectivada. Por outro lado e a partir da conceptualização teórica de Abric (1976, 1994) sobre este tema, também se determinaram os sistemas central e periférico da representação. A partir deles foi possível estabelecer um conjunto de categorias para posterior observação da respectiva relação. Neste âmbito, pretendeu-se estudar a representação da formação de um ponto de vista mais abstracto, comparando-a com a representação de expectativas. Os sujeitos que constituiram a amostra pertencem a grupos profissionais que se relacionam directamente com a formação profissional. Trata-se de formadores e formandos e outros agentes com responsabilidades de gestão de formação. A recolha de dados foi desenvolvida a partir de questões abertas, cujas respostas foram posteriormente tratadas do ponto de vista qualitativo. Este tratamento teve na sua base um suporte informático desenvolvido por P. Verges (1993), o qual tem como objectivo final apresentar uma matriz de semelhança e um gráfico de implicações entre as categorias construídas. O objectivo consiste em perceber a forma como os sujeitos constroem o seu mapa cognitivo relativamente à formação profissional. Este procedimento foi efectuado inicialmente para a população total, sendo depois desenvolvido da mesma forma para cada um dos grupos. Isto permitiu efectuar: - uma análise comparativa entre os grupos; - uma análise entre a representação de expectativas e a representação de âmbito mais abstracto. Relativamente aos resultados esperados, verificou-se que a represen¬tação social da formação profissional possui um sistema central, um periférico e forma-se através dos processos de objectivação e ancoragem. Observou--se também que os grupos possuem alguma semelhança entre si, no que diz respeito aos seus sistemas centrais, bem como na ancoragem que efectuam, apresentando maiores diferenças ao nível do sistema periférico e dos processos de objectivação. Sublinhe-se no entanto, que na amostra total e comparando as duas vertentes da representação estudadas, se verificaram diferenças claras também ao nível do sistema de ancoragem. De alguma forma este estudo confirma e evidencia algumas das preocupações sentidas no início e que se relacionam com incertezas, desencontros, e insuficientes orientações no que diz respeito à formação profissional. Por exemplo, as diferenças encontradas ao nível dos sistemas periféricos dos vários grupos revelam como os sujeitos se ligam à realidade da formação profissional e, consequentemente, a inconsistência com que o fazem entre si. Os resultados obtidos permitem, por isso, para além de um maior conhecimento sobre a representação da formação, levantar algumas questões e preocupações sobretudo à volta das práticas existentes e doutras que pode¬rão contribuir para o desenvolvimento da formação profissional em Portugal. Em local próprio esses aspectos serão discutidos detalhadamente.
Descrição: Dissertação de mestrado em Comportamento Organizacional
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/418
Aparece nas colecções:PORG - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM CASC1.pdf5,98 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.