Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/4158
Título: A experiência dos criminosos de fraude de títulos num esquema cara-a-cara
Autor: Loureiro, Maria
Orientador: Rodrigues, Vitor Amorim
Palavras-chave: Fenomenologia descritiva
Fraude de títulos/ de produtos financeiros
Experiência intencional
Crime
Descriptive phenomenology
Securities fraud
iIntentional experience
Data de Defesa: 2015
Resumo: O presente estudo trata-se de uma proposta de investigação psicológica qualitativa sobre a experiência dos sujeitos que cometem fraude de títulos através de um esquema cara-a-cara. Num primeiro momento é realizada uma revisão da literatura onde o tema é enquadrado e onde é explicitada a necessidade de levar a cabo um estudo nesta temática. Tendo como objetivo fornecer mais conhecimentos psicológicos sobre a experiência desta criminalidade em específico, propõe-se o recurso a uma metodologia fenomenológica assente no método da fenomenologia descritiva de Giorgi. Assim, é feita uma apresentação teórica e uma explicitação de como deve ser utilizado este método. Tendo como instrumento uma entrevista semi-estruturada, apresenta-se como resultados uma estrutura final que compreende aspetos qualitativos da experiência dos criminosos de fraude de títulos num esquema cara-a-cara. Os componentes essenciais que surgem na estrutura final são apresentados em conformidade com a literatura já existente sobre o tema do estudo. Posteriormente é proposta uma discussão dos resultados e, após apresentadas as limitações da investigação, é realizada uma discussão sobre a escolha metodológica. Por fim, são realizadas algumas considerações conclusivas e sugestões futuras. A presente investigação foca-se em alcançar (através das descrições fornecidas pelos participantes) os significados que estes criminosos atribuem à experiência que vivenciaram, obtendo-se assim, a essência dos processos psicológicos associados a essa mesma experiência.
ABSTRACT: This study represents a qualitative psychology research proposal with the objective of assessing the experience of subjects that perpetuate securities fraud crimes through a face-to-face scheme. A literature review is presented in the first sections; herein, the main topic of this work is contextualized and its motivation highlighted. Having set the main objective of the work presented here as a framework to provide knowledge about this specific type of criminality, a phenomenological methodology based on Giorgi’s descriptive phenomenology is proposed. Thus, a theoretical explanation on how to use this method is described. This method comprises a semi-structured interview and outputs a series of structured results which contain qualitative aspects of the experience of securities fraud criminals in a face-to-face scheme. The essential output components are presented in conformity with existing literature on the topic of white collar criminology. The results are highlighted in the later sections, as well as the suggested limitations and a discussion of the proposed methodology. Lastly, several concluding points and future work directions are discussed. The research presented in this work focuses on understanding (through descriptions provided by participants) the meaning that white collar criminals attribute to their crime experience. Thus, it provides insight on the essence of the psychological processes associated to this specific experience.
Descrição: Dissertação de Mestrado apresentada ao ISPA - Instituto Universitário
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/4158
Designação: Mestrado em Psicocriminologia
Aparece nas colecções:PLEG - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
19957-OA.pdf714,55 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.