Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/4153
Título: Experiência de condução sob efeito do álcool
Autor: Contreiras, Anabela Cardoso
Orientador: Rodrigues, Vitor Amorim
Palavras-chave: Condução
Álcool
Jovem
Driving
Alcohol
Young
Data de Defesa: 2015
Resumo: O presente estudo aborda a condução contra-ordenacional sob efeito do álcool. Com ancoragem num modelo teórico de vertente fenomenológica, propomos abordar a experiência individual e subjetiva do sujeito, numa captação da relação sujeito-mundo que venha dar conta do modo como este experiencia, conhece e concebe a condução sob efeito do álcool, de um prisma psicológico. Este estudo avalia cinco sujeitos do sexo masculino, com idades compreendidas entre os 24 e os 30 anos. Apostámos numa metodologia qualitativa, da qual a entrevista semiestruturada e interpretativa foi o instrumento privilegiado. No geral, concluímos que o indivíduo português, jovem adulto e socialmente integrado, incorre na prática corrente da condução contra-ordenacional sob efeito do álcool a favor e na decorrência de eventos sociais recreativos, de onde que acreditamos estar perante um paradigma que evoca uma complacência generalizada e culturalmente permissiva face a estes comportamentos de risco público.
ABSTRACT: This study addresses the conduction under the influence of alcohol. Supported by a phenomenological framework, we propose to address the individual and his subjective experience, to capture the subject-world relationship that will give way account to this experience on a subjective level, and to understand how the driving under influence of alcohol is known and seen, in a psychological perspective. This study evaluates five male subjects, aged between 24 and 30 years. The qualitative methodology was supported by the semi-structured and interpretive interview. Overall, we conclude that the Portuguese individual and socially integrated young adult incurs in the current practice of misdemeanor driving under the influence of alcohol in favor and due to recreational social events, so we believe we are facing a paradigm which evokes a widespread complacency and a culturally permissive attitude towards these risk behaviors.
Descrição: Dissertação de Mestrado apresentada ao ISPA - Instituto Universitário
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/4153
Designação: Mestrado em Psicocriminologia
Aparece nas colecções:PLEG - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
22869-RA.pdf423,78 kBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.