Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/4123
Título: A constituição do espaço psíquico, no adolescente, no rorschach
Autor: Marques, Ana Maria Raposo dos Santos
Orientador: Marques, Maria Emília
Data de Defesa: 2009
Resumo: Resumo O espaço psíquico do adolescente é a base da construção de uma identidade própria que pressupõe a definição de uma identidade sexual (feminina/masculina) através da acção do materno e do paterno. Aceder à constituição deste espaço torna-se assim um objectivo a concretizar. Através da análise do método Rorschach, aplicado a dois adolescentes de sexo diferente, aborda-se a forma como o materno/paterno e o feminino/masculino marcam a qualidade do espaço psíquico no adolescente. Parte-se do pressuposto de que a construção do mundo interno no adolescente é sustentada por uma relação continente-conteúdo, que se constitui com base na relação mais primitiva do sujeito com o objecto primário – a relação com o materno e o feminino. Acede-se assim ao ser com, depois de construído o ser, assistindo-se à constituição de um sentimento de identidade, de ser. A análise do processo resposta Rorschach permitiu observar como o adolescente se constrói e é construído, tornando possível concluir sobre a constituição do espaço psíquico no adolescente. A construção de sentido nos protocolos, efectuada através de uma metodologia que pressupõe o encontro entre o sujeito e o objecto, permitiu evidenciar a forma como os adolescentes constroem a sua “história” pessoal, como constituem um sentimento de existência, de Ser.
ABSTRACT: The psychic space of the adolescent is the base of the construction of a proper identity that estimates the definition of a sexual identity (feminine/masculine) through the share of the maternal one and of the paternal one. To accede to the constitution of this space becomes thus a objective to materialise. II Through the analysis of the Rorschach method, applied the two adolescents of different sex, it is approached form as maternal/the paternal one and feminine/the masculine one marks the quality of the psychic space in the adolescent. It has been broken of the estimated one of that the construction of the internal world in the adolescent is supported by a relation continent-content, that if on the basis of constitutes the relation most primitive of the citizen with object primary - the relation with maternal and the feminine one. It is acceded thus to the being with, after constructed to the being attending itself it the constitution of a feeling of identity, being. The analysis of the process Rorschach reply allowed to observe as the adolescent if it constructs and it is constructed, becoming possible to conclude on the constitution of the psychic space in the adolescent. The felt construction of in the protocols, done through a methodology that estimates the meeting between the citizen and object, allowed to evidence the form as the adolescents construct its “personal history”, as they constitute an existence feeling, of Being.
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/4123
Designação: Mestrado em Psicologia Aplicada
Aparece nas colecções:PCLI - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
15339.pdf155,36 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.