Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/4117
Título: Quando o silêncio mergulha no ruído : Pais ouvintes com filhos surdos
Autor: Taveira, Carolina
Orientador: Botelho, Teresa Margarida Morais Pita
Palavras-chave: Ansiedade
Depressão
Stress
Qualidade de vida
Pais
Filhos
Surdez
Anxiety
Depression
Stress
Quality of life
Parents
Children
Deafness
Data de Defesa: 2010
Resumo: Objectivo: Avaliar os níveis de Ansiedade, Depressão e Stress, bem como a Qualidade de Vida, de pais ouvintes com filhos surdos. Método: Recorreu-se ao Instituto Jacob Rodrigues Pereira e ao Centro Auditivo Widex, recolhendo-se uma amostra de 56 sujeitos, 28 com filhos cuja surdez foi diagnosticada à nascença e 28 com diagnóstico mais tardio. O protocolo de avaliação é constituído por: 1) Questionário de Caracterização da Amostra; 2) Escala de Ansiedade, Depressão e Stress (EADS-21) e 3) WHOQOL-BREF. Resultados e Conclusão: Constatou-se a presença de níveis gerais normais para a Ansiedade (6,04), Depressão (8,32) e Stress (11,64), bem como a percepção de uma Qualidade de Vida satisfatória (63,84%). Porém, apurou-se que o momento de aquisição ou descoberta da surdez e o género dos filhos influenciam os níveis de Ansiedade (p=0,009; p=0,006) e de Depressão (p=0,021; p=0,020). Para além disso, a presença de condições económicas satisfatórias (associadas à empregabilidade dos pais), a inserção da criança num ensino especial, a existência de acompanhamento, a pertença a uma família nuclear, a presença de dois ou mais filhos (sendo apenas um surdo), a ausência de percepção de dificuldades de integração e a inexistência de implante coclear são factores que contribuem para que os pais percepcionem uma melhor Qualidade de Vida, equilibrando a sua própria saúde mental.
ABSTRACT: Objective: Assess levels of Anxiety, Depression and Stress as well as the Quality of Life of parents of deaf children. Method: We resorted to the Instituto Jacob Rodrigues Pereira and Hearing Aid Center Widex, collecting a sample of 56 subjects, 28 with children whose deafness was diagnosed at birth and 28 with later diagnosis. The evaluation protocol consists of: 1) Questionnaire of Sample Characterization; 2) Depression, Anxiety and Stress Scale (DASS-21) and 3) WHOQOL-Bref. Results and Conclusion: The results have included the presence of overall normal range for Anxiety (6.04), Depression (8.32) and Stress (11.64), and the perception of a satisfactory Quality of Life (63.84%). However, it was found that the time of acquisition or discovery of deafness and gender of children influence the levels of anxiety (p=0.009, p=0.006) and depression (p=0.021, p=0.020). In addition, the presence of satisfactory economic conditions (associated with employability of parents), the inclusion of children in special education, the existence of monitoring, being a membership of a nuclear family, the presence of two or more children (with only one deaf), the absence of perceived integration difficulties and the nonexistence of cochlear implants are contributing factors for parents to perceive a better quality of life, balancing their own mental health.
Descrição: Dissertação de Mestrado apresentada ao ISPA - Instituto Universitário
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/4117
Designação: Mestrado em Psicologia Clínica
Aparece nas colecções:PCLI - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
13399.pdf2,48 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.