Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/4099
Título: Representação mental no desenho de crianças cegas: Estudo de três casos
Autor: Santos, Filipa Campos Mateiro
Orientador: Salgueiro, Emílio Eduardo Guerra
Palavras-chave: Representação mental
Desenho
Crianças cegas
Cegueira congénita e adquirida
Mental representation
Drawing
Blind children
Congenital and acquired blindness
Data de Defesa: 2008
Resumo: O nosso estudo pretende perceber se as crianças cegas têm capacidade de representação mental pelo desenho, tal como as crianças normo-visuais, através de um estudo de três casos de crianças cegas: uma criança com cegueira adquirida de doze anos; uma criança com cegueira congénita de onze anos; e uma criança também com cegueira congénita de sete anos de idade. Para avaliar estas capacidades de representação mental utilizou-se como principal instrumento o desenho. Os desenhos foram realizados em três fases distintas, onde foram pedidos vários desenhos. A capacidade de representação mental correcta pelo desenho de um dado objecto foi avaliada consoante o número de detalhes identificativos presentes no desenho desse mesmo objecto. Concluiu-se que somente as duas crianças mais velhas (cegueira adquirida e congénita) demonstraram ter capacidade de representação mental através dos desenhos pedidos, tal como as crianças normo-visuais.
ABSTRACT: Our study pretends to realize if blind children have mental representation capabilities by drawing, just like sighted children, through a study of three blind children: one child with acquired blindness at the age of twelve; one child with congenital blindness at the age of eleven; and one child also with congenital blindness at the age of seven. Drawing was used as primary tool to evaluate mental representation capabilities. Drawings were made in three distinct phases, where several drawings were asked to children. Correct mental representation capability by drawing of a certain object was evaluated by the number of identity details present on the drawing of that object. The conclusion was that only the older children (acquired and congenital blindness) demonstrated to have mental representation capabilities through the asked drawings, just like sighted children.
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/4099
Designação: Mestrado em Psicologia
Aparece nas colecções:PCLI - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
15350.pdf594,95 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.