Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/4080
Título: Desenvolvimento moral : Relações entre consistência do raciocínio moral, atribuição de emoções e acção moral
Autor: Guerreiro, Vincent
Orientador: Menéres, Maria Sofia Seabra Pereira Cabral
Palavras-chave: Raciocínio moral
Acção moral
Consistência
Moral reasoning
Moral action
Consistency moral
Data de Defesa: 2011
Resumo: O presente estudo pretende contribuir para o estudo de outras variáveis que podem explicar melhor a relação entre raciocínio e acção moral. Especificamente, procurou-se testar de forma exploratória, a hipótese de que indivíduos que estão sobre alçada da justiça, por isso com marcas claras de comportamentos de transgressão moral: 1) apresentam um raciocínio moral de fraca consistência, considerando uma determinada forma de resolver um dilema moral como a mais justa, mas considerando igualmente que outras respostas dadas a esses dilemas, na realidade menos justas, são tão justas como as respostas que deram inicialmente; 2) antecipam que sentiriam emoções pouco negativas se cometessem essas transgressões morais; e 3) apresentam justificações mais centrados nos custos e benefícios que tais transgressões trazem para si mesmos ou para os que lhes são próprios e menos centradas em preocupações genuinamente morais como quebra de princípios morais que violam critérios de justiça fundamentais (e.g., de preocupação como os outros que são penalizados com tais transgressões). Como instrumento para realização deste estudo no âmbito de dar resposta as hipóteses de investigação, foram apresentados quatro dilemas morais que caracterizam situações distintas de transgressões, tais como, o falso testemunho, a fuga do local de um acidente sem prestar auxílio, a não devolução de carteira encontrada e o furto. Os dilemas morais utilizados tiveram como alicerce um outro estudo sobre transgressões morais (Krettenauuner & Dana 2006). O presente estudo prevê contar com a participação de 80 adultos do sexo masculino com idades compreendidas entre os 20 e os 40anos.
ABSTRACT: This study aims to explore the role of some variables that may help to explain better the relationship between moral reasoning and moral action. Specifically, it explores the hypothesis that individuals who are under judicial system, this is, individuals who clearly engaged in immoral behavior: 1) have a weak consistency in moral reasoning, considering a certain way to solve moral dilemmas a fair way to solve it, but also considering other less fair responses to those dilemmas as fair as the first ones; 2) anticipate that they would feel not very intense negative emotions if they committed moral transgressions; and 3) give justifications more focused on self costs and benefits that such transgressions bring to themselves and less focused on genuinely moral concerns such as the violation of fundamental standards of justice (e.g., concern with others’ costs and violation of moral principles). To answer to these research hypotheses, four moral dilemmas that characterize different moral transgressions (i.e., giving false testimony in court, escape from an accident without offering help to an injured person, failure to return a lost wallet full of money) will be presented to the participants. These moral dilemmas were used in a previous study about moral reasoning and moral transgressions (Krettenauner & Dana 2006). Eighty male participants, aged between 20 and 40 years, will participate in the study.
Descrição: Dissertação de Mestrado apresentada ao ISPA - Instituto Universitário
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/4080
Designação: Mestrado em Psicologia Clínica
Aparece nas colecções:PCLI - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
18744.pdf564,73 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.