Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/4072
Título: O espaço do materno e do feminino em sujeitos toxicodependentes, expresso(s) no/pelo Rorschach
Autor: Salvador, Rui André Nuné
Orientador: Marques, Maria Emília
Palavras-chave: Rorschach
Espaço do materno primário
Espaço do feminino primário
Capacidade de pensar
Toxicodependência
Primary maternal space
Primary feminine space
Capacity to think
Drug addiction
Data de Defesa: 2010
Resumo: Neste estudo considerámos como fundamental analisar as estruturas e processos relacionados com a génese da capacidade de pensar, procurando aí as raízes do funcionamento psíquico toxicodependente. Com base no modelo bioniano sobre o desenvolvimento do pensamento assumimos como fulcral o estudo do(s) espaço(s) psíquico(s) do materno/feminino, integrando, para tal, as concepções de Florence Guignard sobre o espaço do materno primário e o espaço do feminino primário, tidos como espaços psíquicos fundamentais para o/um correcto desenvolvimento psicológico. Possuindo o método Rorschach uma capacidade ímpar em espelhar o mundo interno do sujeito, adaptámos a análise do instrumento, com a elaboração de determinados procedimentos de análise, com vista à reactivação e caracterização destes espaços psíquicos primordiais. Foram seleccionados dois protocolos de sujeitos toxicodependentes com historial de consumos mistos, cujos resultados não só demonstram a extrema precariedade dos dois espaços fundadores da vida psíquica (bloqueio ao nível do materno primário e ténue capacidade de acesso/movimentação ao nível do feminino primário, consoante o sujeito) como evidenciam uma clara sintonia com as principais concepções dinâmicas sobre a toxicodependência.
ABSTRACT: In this study we considered the analysis of the structures and processes related with the genesis of the capacity to think as critical, searching there the roots of the psychic functioning of the drug addict. Having the bionian model on the development of the thought has support we assume as crucial the study of the maternal/feminine psychic space(s), integrating, for such, the conceptions of Florence Guignard on the primary maternal space and the primary feminine space, regarded as fundamental psychic spaces for a healthy psychological development. Having the Rorschach`s method an uneven ability to show the internal world of the subject, we made an adaptation on the analysis of the instrument, with the elaboration of certain reading procedures, looking for the reactivation and characterization of these primordial psychic spaces. There were selected two protocols of drug addict subjects with history of combined consumptions, whose results not only demonstrate the extreme precariousness of the two founding spaces of the psychic life (blockade at the level of the primary maternal space and tenuous capacity of access/movement to the level of the primary feminine space, regarding the subject) as they show a clear harmony with the main dynamic conceptions on drug addiction.
Descrição: Dissertação de Mestrado apresentada ao ISPA - Instituto Universitário
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/4072
Designação: Mestrado em Psicologia Clínica
Aparece nas colecções:PCLI - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
18118.pdf663,59 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.