Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/4058
Título: O processo de construção de Boas práticas: Percepções dos profissionais de Intervenção Precoce
Autor: Monteiro, Diana Catarina Ceisseira
Orientador: Pimentel, Júlia van Zeller de Serpa
Palavras-chave: Intervenção precoce
Intervenção centrada na família
Percepções dos profissionais
Avaliação de programas de intervenção precoce
Early Intervention
Family-centered intervention
Professionals’ perceptions
Early intervention program evaluation
Data de Defesa: 2010
Resumo: Este trabalho pretende perceber quais são as percepções dos profissionais de um serviço de Intervenção precoce sobre as suas práticas, nomeadamente quanto à utilização do modelo centrado na família (ICF) e à utilização dos contextos naturais e rotinas da criança na intervenção. O estudo no âmbito do qual este trabalho foi realizado – O processo de construção de Boas Práticas - decorreu ao longo de três anos. Analisaram-se um total de 37 entrevistas, feitas a 12 responsáveis de caso, baseadas na Listagem das Práticas Recomendadas em Intervenção Precoce identificadas pela Division for Early Childhood (Sandall et al., 2005) e na “Entrevista/Questionário para Pais e para Técnicos” (Pimentel, 2005), procedendo-se posteriormente a uma análise de conteúdo. Os resultados obtidos confirmam a existência de algumas práticas de Intervenção precoce centradas na família assim como um aproveitamento das rotinas e contextos de vida da criança para promover o seu desenvolvimento. No entanto, ao longo dos três anos, não foi constatada evolução significativa no sentido de uma implementação mais frequente das práticas recomendadas por parte de todos os profissionais entrevistados.
ABSTRACT: This study aims to know the perceptions of providers within an early intervention service regarding family-centered, natural environments and routine-based practices. It is part of a larger study –the process of building good practices – was developed during three years. Thirty seven semi-structured interviews responded by case-managers were analyzed. The interviews were based Recommended Practices of the Division of Early Childhood (Sandall et al., 2005) and on the questionnaire/interview for parents and professionals (Pimentel, 2005). The results of the content analysis showed that some professionals try to implement family-centered intervention and natural environments and routines were frequently used in order to improve children’s development. However, there is no evidence showing that the professionals that were interviewed used recommended practices more frequently in the last year of project.
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/4058
Designação: Mestrado de Psicologia
Aparece nas colecções:PEDU - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
13066.pdf1,92 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.