Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/4057
Título: Programas de escrita no pré-escolar: O impacto da acentuação da sílaba inicial nos progressos das crianças
Autor: Serrano, Sara Margarida
Orientador: Martins, Margarida Alves
Palavras-chave: Programas de escrita
Crianças em idade pré-escolar
Acentuação
Writing programs
Children´s in pre-school age
Stress
Data de Defesa: 2009
Resumo: O objectivo deste estudo é avaliar o impacto de dois programas de intervenção sobre escritas inventadas, contrastados do ponto de vista das características das sílabas iniciais das palavras ditadas (sílaba acentuada ou fonema inicial seguido de vogal aberta/sílaba não acentuada ou fonema inicial seguido de vogal fechada), na evolução dessas escritas. Participaram 33 crianças pré-silábicas em idade pré-escolar. Formaram-se 3 grupos. Controlou-se a inteligência, letras conhecidas e consciência fonológica. A escrita foi avaliada num pré e num pós-teste, através de um ditado de palavras começadas por diversas consoantes (trabalhadas/ não trabalhadas nos programas) para avaliar efeitos de generalização. No G.Exp.1 utilizaram-se sílabas acentuadas ou vogais abertas, no G.Exp.2 sílabas não acentuadas ou vogais fechadas. O G.Controlo fez desenhos. Houve uma maior evolução das escritas das crianças dos grupos experimentais, quando comparadas com as do grupo de controlo. Entre os grupos experimentais não se verificaram diferenças, quanto às consoantes trabalhadas, mas o G.Exp.2 demonstrou um desempenho significativamente superior, quanto à generalização para consoantes não trabalhadas.
ABSTRACT: The purpose of this study is evaluate the impact of two intervention programs on invented spelling, contrasted in terms of the characteristics of the initial syllables of the words (stressed syllable or initial phoneme followed by an open vowel/unstressed syllable or initial phoneme followed by a closed vowel), on the evolution of the spellings. The participants were 33 children’s with pre-syllabic spellings in pre-school age. Three groups are formed. The intelligence, known letters and phonemic awareness were controlled. The spelling was evaluated with a pre-test and a post-test, by a dictate of words began for different consonants (worked/not worked on the programs) to evaluate the effects of generalization. In the G. Exp. 1 were used stressed syllables or open vowels, in the G. Exp. 2 unstressed syllables or closed vowels. The Control Group did drawings. The evolution was bigger in experimental groups against the control group. Between the experimental groups there weren´t significant differences on the consonants worked, however the G. Exp. 2 presented better results in generalization to the consonants not worked.
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/4057
Designação: Mestrado de Psicologia
Aparece nas colecções:PEDU - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
13047.pdf1,31 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.