Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/4036
Título: Simbolismo : Revisão teórica do conceito
Autor: Costa, Edgar José Gomes de Almeida Fialho
Orientador: Neves, Teresa Santos
Palavras-chave: Simbolismo
Relação simbólica
Função simbólica
Symbolism
Symbolic relation
Symbolic function
Data de Defesa: 2010
Resumo: O propósito central deste trabalho consistiu em fazer uma revisão da literatura sobre o conceito “Simbolismo” e a importância da função simbólica. Procurámos saber o estado actual do conceito, o porquê desta capacidade simbólica e a sua importância para o desenvolvimento do sujeito. Para tal foram trabalhadas as teorias de Sigmund Freud, de Ernest Jones, de Melanie Klein, de Hanna Segal e de Harold Blum e analisadas as suas contribuições. Pretende-se, portanto, fazer uma síntese da evolução do conceito bem como explorar quer os contributos dos autores, quer as suas diferentes concepções sobre o Simbolismo. Freud, Jones e Blum fazem uma utilização restrita do conceito, enquanto Klein e Segal utilizam o conceito num sentido mais alargado. Freud partiu da análise dos sonhos. Klein salientou a importância da relação. Jones distinguiu o simbolo psicanalítico de outras formas de representação indirecta como as metáforas. Similarmente, Blum distinguiu o símbolo psicanalítico das palavras. Segal apresenta a relação simbólica como uma relação a três e não a dois, uma relação entre simbolo, simbolizado e a pessoa para quem um simboliza o outro. Procuraremos perceber o caminho percorrido entre Freud e Segal.
ABSTRACT: The purpose of this work was to do a literature review on the concept of symbolism and the importance of symbolic function. We tried to know the current status of the concept, why this symbolic capacity and its importance to the development of the subject. For this we worked on theories of Sigmund Freud, Ernest Jones, Melanie Klein, Hanna Segal and Harold Blum and analyzed their contributions. It is intended therefore to summarize the evolution of the concept and want to explore the contributions of the authors or their different conceptions of Symbolism. Freud, Jones and Blum make a restricted use of the concept, while Klein and Segal use the concept in a broader sense. Freud started from the analysis of dreams. Klein stressed the importance of the relationship. Jones distinguished psychoanalytic symbol of other forms of indirect representation as metaphors. Similarly, Blum distinguished psychoanalytic symbol of words. Segal presents the symbolic relation as a relation to three rather than two, a relationship between symbol, symbolized and symbolizing a person to whom the other. We will seek to realize the path between Freud and Segal.
Descrição: Dissertação de Mestrado apresentada ao ISPA - Instituto Universitário
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/4036
Designação: Mestrado em Psicologia Clínica
Aparece nas colecções:PCLI - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
15462.pdf474,18 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.