Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/4024
Título: A mulher com cancro de mama : Experiência subjectiva de sofrimento e apoio social
Autor: Mesquita, Maria Madalena C. P. Beja da Costa Dá
Orientador: Real, Judite Corte
Data de Defesa: 2010
Resumo: O objectivo do estudo é avaliar a experiência subjectiva de sofrimento da mulher, com cancro de mama, numa fase avançada da doença, em função de algumas variáveis sóciodemográficas e do apoio social percebido. Foi seleccionado um grupo de 32 mulheres de um hospital do distrito de Lisboa, que preencheram o Inventário de Experiências Subjectivas de Sofrimento na Doença (IESSD) de McIntyre & Gameiro (1997), o Questionário de Apoio Social (SSQ-R) de Moreira, Andrez, Moleiro, Silva, Aguiar, & Bernardes (2002) e ainda um Questionário Sócio-Demográfico. Entre os resultados obtidos, pode-se salientar um nível de sofrimento moderado, exceptuando as sub-dimensões perda de vigor físico e alterações afectivo-relacionais, em que os valores são elevados. Por outro lado, o número de pessoas como fonte de apoio social e o item do SSQ-R, “distracção das preocupações”, aparecem associados aos valores obtidos no Inventário de Experiências Subjectivas de Sofrimento na Doença. Este trabalho evidencia a importância da família, como aliada do técnico de saúde, no alívio do sofrimento da mulher, em estado avançado de doença oncológica.
The objective of the study is to evaluate the subjective experience of suffering of the woman, with breast cancer in an advanced phase of the illness, in function of some partnerdemographic variable and of the perceived social support. A group of 32 women of a hospital of the district of Lisbon was selected, who had filled the Subjective Experiences of Suffering in the Illness Inventory, the Social Support Questionnaire (SSQ-R) and Partner-Demographic Questionnaire. The results show a level of moderate suffering can be pointed out, except the dimensions affective and loss of physical power, where the values are raised. On the other hand, the number of people as source of social support and “distraction of the concerns”, appears associates to the values gotten in the Subjective Experiences of Suffering in the Illness Inventory. This work evidences the meaningful of the family, as allied of the health technician, in the relief of the suffering of the woman, in advanced state of cancer illness.
Descrição: Dissertação de Mestrado apresentada ao ISPA - Instituto Universitário
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/4024
Designação: Mestrado em Psicologia Clínica
Aparece nas colecções:PCLI - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
15384.pdf1,08 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.