Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/4000
Título: Crenças na gravidez, maternidade e parto
Autor: Coelho, Ana Paula Pinto
Orientador: Botelho, Teresa Margarida Morais Pita
Palavras-chave: Gravidez
Crenças
Trabalho de parto
Representações sociais
Maternidade
Atitudes
Pregnancy
Beliefs
Social representations
Labour
Maternity
Attitude
Data de Defesa: 2009
Resumo: Tem sido dada importância crescente aos assuntos relacionados com a gravidez, maternidade, parentalidade e trabalho de parto. Muito se tem escrito sobre esta temática que se torna, efectivamente, pertinente na actualidade. As tarefas sociais, psicológicas e culturais associadas à gravidez, maternidade e parto justificam, porém, um maior aprofundamento das crenças, atitudes, representações mentais, expectativas e ideias das mulheres que passam por esta experiência sentida como ímpar na sua vida. Este estudo pretende adicionar conhecimento a este assunto, e tem como objectivos: - Conhecer as crenças e significações relativamente à gravidez, maternidade e trabalho de parto, de mulheres grávidas que recorrem a uma consulta de Saúde Materna. - Perceber se há diferenças entre essas crenças e significações individuais entre mulheres portuguesas e estrangeiras pertencentes a esse mesmo grupo. - Adicionalmente pretende-se estudar as expectativas individuais destas mulheres acerca do curso de preparação para a maternidade/ paternidade a funcionar no mesmo Centro de Saúde. Foi aplicado o questionário de Avaliação das Atitudes e Representações Parentais (AARP) a 87 mulheres grávidas Portuguesas e “Estrangeiras” utentes de um Centro de Saúde e de um Curso de Preparação para a Maternidade/Paternidade. Verificou-se que existem poucas diferenças em relação à maioria das dimensões/categorias de crenças encontradas entre o grupo de mulheres grávidas Portuguesas e Estrangeiras. Por seu lado, validou-se o protocolo de trabalho utilizado no referido Curso de Preparação para a Maternidade/Paternidade mediante as dimensões de expectativas encontradas nos dois grupos de mulheres. Adicionalmente não se encontraram diferenças relativas a essas expectativas entre os dois grupos.
ABSTRACT: Has been given increasing importance to issues related to pregnancy, motherhood, parenting and labor. Much has been written on this subject that becomes actually true now. Further study of the beliefs, attitudes, mental representations, expectations and ideas of women who go through this experience is missing. This study aims to add knowledge to this subject, and aims to: - know the beliefs and meanings in relation to pregnancy, maternity and labor in pregnant women who use a query Maternal Health. - searching for differences (or not) on these beliefs and individual meanings between Portuguese and foreign women; - Furthermore, we intend to study the individual expectations of these women on the Course of Preparing for Parenthood operating in the same Health Center. This survey used a previous standard Assessment Survey of Parental Attitudes and Representations (AARP) to 87 Portuguese and Foreign women. It was found that there is little difference for most of the dimensions / categories of beliefs found among the group of National and Foreign pregnant women. For its part, has validated the protocol used to work in that Preparation Course for Maternity / Paternity by the dimensions of expectations found in the two groups of women. Additionally no differences were found relating to these expectations between the two groups.
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/4000
Designação: Mestrado em Psicologia da Saúde
Aparece nas colecções:PSAU - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
17452.pdf865,67 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.