Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/3998
Título: A motivação, o clima de sala de aula, as práticas avaliativas nas aulas de matemática: As relações entre si e com o ano de escolaridade
Autor: Messias, Daniela Andreia Simão
Orientador: Monteiro, Vera
Palavras-chave: Motivação intrínseca
Clima de sala de aula
Práticas avaliativas
Intrinsic motivation
Climate of the classroom
Evaluative practices
Data de Defesa: 2008
Resumo: O presente estudo teve como objectivo a análise dos níveis motivacionais e da percepção do clima de sala de aula de alunos do 5º ao 7º ano, bem como a percepção que têm das práticas avaliativas dos professores da disciplina de matemática. Participaram no estudo 131 estudantes que pertenciam a uma escola da cidade de Beja. Analisando os níveis motivacionais dos participantes e em relação ao ano de escolaridade, com base nos resultados obtidos através da Escala de Motivação Intrínseca para a Matemática, verificou-se que os alunos demonstraram ter níveis de motivação intrínseca elevados, não revelando diferenças significativas entre os anos de escolaridade em estudo. Com base resultados obtidos na Escala de clima de sala de aula de matemática, constatámos que os alunos percepcionaram de forma positiva o clima da sua sala de aula, sendo as estratégias de aprendizagem cooperativa e individualista, as que apresentaram valores mais elevados. Verificámos ainda um efeito do ano de escolaridade no clima de sala de aula. Ao estudarmos a relação entre a Motivação para a matemática e o Clima de sala de aula, obtivemos correlações significativas entre estas variáveis. Através do questionário “A avaliação das minhas aprendizagens nas aulas de Matemática” construído para este efeito, pretendemos conhecer a percepção dos alunos acerca das práticas avaliativas do seu professor. Este instrumento não mostrou as qualidades psicométricas desejadas, assim, numa análise item a item, verificámos que as práticas avaliativas dos professores não eram significativamente diferenciadas entre si. Quisemos também conhecer a relação entre as práticas avaliativas percepcionadas pelos alunos participantes e a motivação intrínseca para a matemática e o clima de sala de aula. Analisados os resultados constatámos, que práticas de avaliação sumativa bem como práticas de avaliação formativa se encontram relacionadas com a motivação intrínseca. Por sua vez e relativamente ao clima de sala de aula, verificamos a existência de relações entre as suas dimensões e as práticas avaliativas. Para finalizar, pretendemos saber se existiam relações entre a motivação intrínseca e o clima de sala de aula e os itens do questionário das práticas avaliativas. Foram obtidas algumas correlações significativas entre as variáveis referidas.
ABSTRACT: This study is the analysis of motivational levels, the perception of the classroom climate for students from 5th to 7th grades, and evaluative practices of mathematics’ teachers the students. Were 131 students the participants in the study, and belonged to a school in the town of Beja. Analyzing the motivational levels of participants, bearing in mind the grades to wheal the students belong to the years of schooling, and based on the results obtained from the scale of intrinsic motivation for mathematics, it appeared that students demonstrated high levels of intrinsic motivation, revealing no significant differences between the years of schooling under study. Based on results obtained in the scale climate of mathematics classroom, it was noted that the students perceiving a positive climate of their classroom and the strategies of cooperative and individualistic learning were those which showed highest values. It also noted that there was still an effect of years of schooling in the atmosphere of the classroom. By study the relationship between motivation for mathematics’ and the atmosphere of the classroom we were obtained significant correlations between variables. Through the questionnaire entitled "The assessment of my learning in Mathematics’ lessons" built for this purpose, we wanted to know what was the students’ perception about the evaluative practices of their teachers, noting that the evaluative practices of teachers were not significantly different between them. This instrument has not shown the desired psychometric qualities thus in an item to item analysis it was noted that the evaluative practices of teachers were not significantly different between them. We also wanted to study the relationship between the evaluative practices perceived by participating students and their intrinsic motivation for mathematics and the atmosphere in the classroom. After the results were analyzed we found both the practices of summative and of formative assessment were related to intrinsic motivation. On the other hand, the existence of relations between dimensions of classroom climate and its evaluative practices were also found. Finally, we wished to know whether there were links between intrinsic motivation and the atmosphere of the classroom and items of the evaluative practices questionnaire, having obtained some significant correlations between those variables.
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/3998
Designação: Mestrado em Psicologia Aplicada
Aparece nas colecções:PEDU - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
17682.pdf4,18 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.