Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/3991
Título: Qualidade de sono dos enfermeiros que trabalham por turnos em hospitais da região de lisboa: relação com os níveis de depressão, ansiedade e stress
Autor: Baltar, Patrícia Isabel Bispo Pereira
Orientador: Patrão, Ivone Alexandra Martins
Palavras-chave: Trabalho por turnos
Qualidade de sono
Stress
Ansiedade
Depressão
Shift work
Sleep quality
Anxiety
Stress
Depression
Data de Defesa: 2011
Resumo: Na actualidade o trabalho por turnos é uma realidade, aspecto que tem repercussões psicológicas, fisiológicas e sociais, com impacto no que concerne à qualidade de sono. Os enfermeiros são um grupo profissional que trabalha frequentemente neste regime, indicando a literatura que pode prejudicar o próprio profissional, diminuir a qualidade dos cuidados e constituir uma ameaça para o utente. Encontrou-se ainda, uma ligação entre o trabalho por turnos e a prevalência de depressão, constatando-se que a dissincronização interna provocada pelo trabalho por turnos pode estar na base do aumento de prevalência de sintomas depressivos. Assim, considerou-se pertinente conhecer a relação entre a qualidade de sono e os níveis de depressão, ansiedade e stress dos enfermeiros que trabalham por turnos em hospitais da região de Lisboa. A amostra incluiu 101 enfermeiros, seleccionados pela amostragem em bola de neve, tendoselhes aplicado um instrumento de colheita de dados integrado pelo Índice de Qualidade de Sono de Pittsburgh (IQSP), pela Escala de Ansiedade, Depressão e Stress (EADS-21) e por dados sócio-demográficos. Os participantes eram maioritariamente mulheres, predominando o grupo etário dos 37-42 anos, tendo, na maioria, afirmado gostar de trabalhar por turnos. Foi uma investigação de paradigma quantitativo e um tipo de estudo descritivo-correlacional, transversal. Os resultados mostram que a qualidade de sono dos enfermeiros é má e que têm níveis de stress consideráveis. Encontrou-se uma correlação positiva fraca entre a qualidade de sono, a ansiedade e o stress. Perante o aumento dos níveis de ansiedade e de stress verifica-se uma redução da qualidade de sono. .
At present, working in shifts is a reality, which implies repercussions on psychological, physiological and social state, where quality of sleep is concerned. Nurses are a professional body who frequently work in this mode. Studies indicate that this can harm the professional, decreases the quality of care and might cause a threat to the patient. It has also been found a link between the work in shifts and the increased prevalence of depression, proving that the internal dyssynchrony caused by working in shifts can be the core of increased prevalence of depressive symptoms. Therefore, it is imperative to know the relationship between the quality of sleep and the levels of depression, anxiety and stress amongst the nurses that work shifts in the hospitals of Lisbon. The sample included 101 nurses, selected by the snowballing sampling, was applied to them an instrument for data collection integrated by the Pittsburgh Sleep Quality Index (PSQI), the Depression Anxiety Stress Scale (DASS -21) and socio-demographic data. The participants were mainly women, with ages from 27-42 years where the majority stated that enjoyed working in shifts. It was a quantitative research and a sort of descriptive-correlational study. The results show that the sleep quality of nurses is bad and that they have levels of anxiety and stress. Given the increased levels of anxiety and stress there is a diminuish quality of sleep.
Descrição: Dissertação de Mestrado apresentada ao ISPA - Instituto Universitário
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/3991
Designação: Mestrado em Psicologia Clínica
Aparece nas colecções:PCLI - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
14560.pdf1,83 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.