Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/3990
Título: Conhecimento emocional e retraimento social na primeira infância
Autor: Pereira, Ana Carolina Pimentel
Orientador: Veríssimo, Manuela
Palavras-chave: Conhecimento emocional
Retraimento social
Primeira infância
Emotional knowledge
Social retreat
Childhood
Data de Defesa: 2015
Resumo: O retraimento social tem sido uma problemática para os investigadores nos últimos anos, pelas suas controvérsias no desenvolvimento emocional dos sujeitos. Todavia, em Portugal averigua-se a existência de poucos estudos na área em relação a crianças de idade pré-escolar. Assim, procurou-se verificar a relação entre o conhecimento emocional e o retraimento social na primeira infância, objetivo primordial no presente estudo, junto de uma amostra de 227 crianças portuguesas (123 do sexo feminino) com idades compreendidas entre os 36 e os 71 meses. A partir de medidas quantitativas, realizadas em jardins-de-infância do distrito de Lisboa e da Região Autónoma dos Açores, verificou-se que os resultados ao nível do conhecimento emocional vão ao encontro da literatura, pela relação significativa entre as características pessoais e parentais das crianças com a capacidade de conhecimento emocional. Já em relação ao retraimento social, não foi possível observar relações significativas dos comportamentos retraídos das crianças em função das suas características pessoais e familiares. Contudo, em relação ao conhecimento emocional com o retraimento emocional, os resultados obtidos não sustentam as evidências de que as dificuldades ao nível do ajustamento social, como os comportamentos solitários e de renitência, são comprometedores do conhecimento emocional da criança. Porém, os dados apurados reforçam a importância das brincadeiras sociais no desenvolvimento socio emocional da criança em idade pré-escolar.
ABSTRACT: In recent years, social retreat has been a problem for researchers due to it’s controversies in the emotional development of the subjects. However, Portugal acertains the existence of few studies in the area regarding pre-school aged children. Determining the relationship between emotional knowledge and social retreat during infancy, is a paramount (mail goal) objective of the current study of 227 portuguese children (123 female) between the ages of 36 and 71 months. Based on quantitative measures obtained in daycare facilities in the Lisbon district and the Autonomous Region of the Azores, it was determined that the results of emotional knowledge are (congruent with the currente literature, due to the significant relationship between personal and parental characteristics, with the capacity of emotional knowledge. Regarding social retreat, it was not possible to observe significant relationship of retreated behavior of the children as part of their personal and family characteristics. However, in relation to the emotional knowledge with emotional retreat, the results do not support the evidence that the difficulties in terms of social adjustment, as the solitary behavior and reluctance, are compromising the child's emotional knowledge. As such, the results obtained reinforce the importance of social activities in the social emotional development of the child during pre-school age.
Descrição: Dissertação de Mestrado apresentada ao ISPA - Instituto Universitário
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/3990
Designação: Mestrado em Psicologia Clínica
Aparece nas colecções:PCLI - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
22701.pdf554,17 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.